Sobral – 300×100
Seet

‘Bandido não tem hora de chegar’, diz vereador ao cobrar policiamento permanente em Bandeirantes

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Entrada da cidade de Bandeirantes do Tocantins

Um vereador de Bandeirantes do Tocantins afirmou que rondas não são suficientes para manter a segurança na cidade. Segundo ele, a população necessita de policiais que fiquem de maneira permanente na cidade e façam patrulhamento ostensivo. O parlamentar preferiu não se identificar.

Uma verdadeira “onda de crimes” em Bandeirantes foi denunciada por moradores, que vivem assutados com a criminalidade. A cidade não possui destacamento da PM e os roubos e furtos aumentaram.

A PM informou que as rondas em Bandeirantes são realizadas por meio de viaturas de Arapoema e Nova Olinda, mas segundo o vereador, em Arapoema só há uma viatura. Outro fato é que a cidade fica a 64 km de distância e os policiais chegam aproximadamente duas horas depois de serem acionados.

O vereador confirmou que as rondas estão realmente sendo feitas, mas disse que isso não é suficiente. “Eles dão uma volta aqui e vão embora. E o resto da noite, como fica? Os bandidos não têm hora de chegar”, afirmou.

Ele ainda acrescentou que havia dois PMs na cidade, mas foram removidos. “O que não pode é ficar sem PM na cidade. A gente quer é policiamento ostensivo para atender a população”, acrescentou.

Conforme o parlamentar, a Câmara de Vereadores já ingressou com uma ação contra o Estado por falta de segurança e aguarda decisão. Ainda destacou que a prefeitura da cidade também está buscando solução junto ao comando da PM, em Palmas.

A PM

A Polícia Militar já informou que o destacamento em Bandeirantes “será reativado em breve, dentro de readequação de emprego realizada pela polícia em proposta firmada entre o Comando da PMTO e a Associação Tocantinense de Municípios”.

Também afirmou que “a PMTO está cumprindo o seu papel de forma assídua no que tange à sua competência na Segurança Pública”.

Comentários pelo Facebook: