Seet
Sobral – 300×100

Bandidos explodem muro de presídio e 12 detentos fogem na Capital do Tocantins

Redação - |
Foto: Foto: Danilo Gomes Silva/Divulgação)
Dois fugitivos já foram recapturados em Palmas

Doze detentos fugiram da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) na noite deste domingo (5). Segundo informações, os presos conseguiram sair com a ajuda de comparsas que usaram dinamite para explodir um muro da unidade. Os nomes dos fugitivos ainda não foram divulgados.

Em nota, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) confirmou a fuga e informou que dois dos 12 presos já foram recapturados. Segundo a nota, a Polícia Militar ainda conseguiu evitar que outros 10 também fugissem.

A secretaria afirmou que uma força tarefa foi montada de imediato e está empenhada nas buscas dos oito fugitivos, inclusive com a ajuda do helicóptero da Secretaria da Segurança Pública (SSP). Barreiras também foram montadas nas entradas da cidade.

Os órgãos de segurança orientam aos moradores de chácaras vizinhas ao presídio e demais públicos que circulam na região, a redobrar a precaução com segurança e alertar a polícia sobre qualquer movimento alheio à rotina do local, resguardado a si e seu patrimônio.

Os presos teriam corrido em direção a mata após a explosão. Os dois recapturados foram encontrados no centro da cidade, próximo a Feira do Bosque, na quadra 502 Sul.

A Casa de Prisão Provisória de Palmas tem capacidade para 280 presos, mas atualmente possui mais de 700 detentos. Recentemente, Gleidy Braga entregou o comando da Secretaria de Cidadania e Justiça, que administra os presídios. Assumiu a pasta o coronel Glauber de Oliveira Santos, que chefiava a Polícia Militar.

Foto: Divulgação
Presos já recapturados em Palmas.

OUTRA FUGA

Outra fuga foi registrada hoje no Estado. Três detentos teriam arrancado um vaso sanitário para escavar um buraco e fugir da prisão em Miranorte. Os presos cavaram o buraco até o pátio da cadeia e depois pularam o muro.

Os fugitivos são Bruno da Silva Luz, Antônio Joaquim Neto e Raidson Lima da Cruz. As buscas na região estão sendo realizadas pela Polícia Militar e pela Polícia Civil.

Comentários pelo Facebook: