Sobral – 300×100
Seet

Projeto que regula atividade dos bombeiros civis no Tocantins é apresentado na Assembleia

Agnaldo Araujo -
Foto: Divulgação
Projeto que regula atividade dos bombeiros civis é apresentado na Assembleia Legislativa

A obrigatoriedade de existência dos serviços de bombeiros civis em todas as edificações,  estabelecimentos e eventos grandes no Tocantins é a base do projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa na última quarta-feira (30/03), pela deputada estadual Luana Ribeiro (PDT).

O PL dispõe sobre a presença dos profissionais e também dos salva-vidas fixando exigência de segurança para estabelecimentos, áreas de riscos e eventos com grande aglomeração de pessoas: ou seja, parques, praias, lagos, rios, clubes e áreas de recreação. “Nosso foco é a segurança dos cidadãos”, destacou Luana.

Além da presença do bombeiro civil, o projeto exige ainda que os estabelecimentos tenham Unidade de Combate a Incêndio e de Primeiros Socorros (UCIPS) com os equipamentos de proteção individual e coletiva necessárias para o desenvolvimento das atividades previsto na legislação vigente.

Sobre o bombeiro civil

A profissão existe desde 1890 e conta na classificação brasileira de ocupação lícita do Ministério do Trabalho desde 1997.  É considerado bombeiro civil o profissional habilitado que exerça em caráter habitual função remunerada e exclusiva de prevenção, combate e segurança contra incêndio, primeiros socorros, segurança aquática e salvamento terrestre como empregado contratado diretamente por empresas públicas ou privadas, sociedades de economia mista, inclusive as empresas que prestarem este serviço como terceirizadas e demais pessoas jurídicas.

Comentários pelo Facebook: