Seet
Sobral – 300×100

Câmara de Palmas é a mais cara do Brasil com gasto anual de R$ 30,8 mi

Agnaldo Araujo -
Foto: Dvulgação
Câmara Municipal de Palmas

Os governos no Brasil, tanto municipal, estadual, quanto federal, atualmente alegam grandes dificuldades econômicas e algumas áreas são afetadas com atrasos em repasses. Mesmo assim, no Tocantins, a Câmara de Vereadores de Palmas é a mais cara do país. O tema foi destaque no Estadão, no blog assinado por Humberto Dantas, no dia 17 de junho de 2016.

A publicação destaca que de acordo com o Observatório Social de Palmas, a Câmara de Palmas é a mais cara do Brasil levando em conta o número de habitantes. Acrescentou ainda que o Legislativo gasta R$ 30,8 milhões. A análise dividiu o valor do orçamento do ano passado da Câmara pelo número de habitantes da Capital (265.409), chegando a um custo per capita de R$ 116,21. Fazendo uma comparação com o Estado do Rio de Janeiro, a primeira Câmara do ranking, o custo per capita é de R$ 117,84.

A reportagem destacou ainda que em Palmas são 31 funcionários concursados e 488 servidores com cargos comissionados, porém, o único concurso público foi feito há 20 anos.

Manaus

A Frente Nacional de Prefeitos também fez um levantamento e constatou que, em 2016, o orçamento da Câmara Municipal de Manaus, no Amazonas, bateu os R$ 126 milhões. O presidente da Casa, Wilker Barreto, do PHS, justificou que a maior parte vai para a folha de pagamento e o restante, equivalente a R$ 26 milhões, paga custos diversos e para o chamado ‘Cotão’, Cota para o Exercício de Atividade Parlamentar.

A publicação ainda destacou que o ‘Cotão’ poderia ser reduzido. “Ah, mas os nobres parlamentares não podem ficar sem esse dinheiro. Não! Ainda mais em ano de eleição municipal, época em que os gastos com gráficas, normalmente pagas pelo ‘Cotão’, triplicam, né?”, ironizou.

Comentários pelo Facebook: