Seet
Sobral – 300×100

Câmara de Vereadores de Palmas cria comissão para elaborar concurso público

Agnaldo Araujo -
Foto: Cleober Taquara
O concurso está previsto para ser realizado ainda em 2017

A Câmara de Vereadores de Palmas criou uma comissão para elaboração de concurso público a ser realizado ainda em 2017. Nesta quinta-feira (06/05), o presidente da Casa de Leis, vereador José do Lago Folha Filho, baixou a portaria que institui a comissão. A ação ocorreu durante sessão solene em homenagem ao Dia do Jornalista, que será uma das profissões contempladas no concurso.

A comissão será responsável por elaborar um diagnóstico das demandas dos profissionais e necessidades na área de comunicação da Câmara para a realização do concurso público.

Farão parte da comissão membros da Diretoria de Comunicação da Câmara, do Sindicato dos Jornalistas do Estado do Tocantins (Sindijor-TO) e representantes da Procuradoria do Parlamento. “O piso salarial da categoria será respeitado e também a carga horária de 25 horas semanais”, destacou Folha.

Além disso, o presidente da Câmara apresentou à Casa requerimento para regulamentar a jornada de trabalho de todos os profissionais que atuam na área da comunicação do município. “Isso valerá para todos os servidores públicos que prestam serviço no âmbito do município”, disse. Ele destacou ainda a importância do jornalista para a sociedade e, da mesma forma, a necessidade de se respeitar a legislação que rege e protege o trabalho destes profissionais.

Isso, aliás, foi uma das cobranças feitas pela presidente do sindicato dos jornalistas do Tocantins, Alessandra Barcelar. “O que pedimos é respeito à profissão e aos nossos direitos enquanto jornalistas. Queremos também que se criem concursos públicos para o cargo de assessor de imprensa”, disse. Essas cobranças começaram a ser atendidas já dentro da sessão.

O diretor de Comunicação da Câmara, jornalista Cristiano Machado, destacou que as iniciativas do presidente Folha atendem pleitos da categoria. “Além de homenagear os jornalistas, de reverenciar a profissão, de discutir reivindicações, as necessidades da classe, a Câmara dá um passo importante, na prática, para atender a categoria em algumas de suas demandas: regulamentação da carga horária, respeito ao piso salarial e dá a nossa classe o direito de participar de forma ativa, com amparo legal, das discussões sobre a implementação do concurso público da Câmara no que se refere a comunicação”, afirmou.

Concurso Público

A Comissão de Avaliação e Análises de Concursos Públicos Municipais foi instituída pela portaria nº 034/2017 e vai acompanhar os processos de criação de editais, referente ao provimento de vagas para cargos na área da comunicação. (Ascom)

Comentários pelo Facebook: