Seet
Sobral – 300×100

Câmara de Araguaína vai debater violência nas escolas; ‘a sociedade precisa de respostas’, diz Marcus Marcelo

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Frente do Colégio Guilherme Dourado, onde o professor foi agredido

A Câmara Municipal de Araguaína irá promover uma sessão especial para debater soluções contra a violência nas escolas públicas do município. A proposta é do vereador Marcus Marcelo (PR), que é também professor concursado da rede estadual de ensino.

O debate foi proposto após conversa com o professor Mariano Soares da Costa, agredido em frente ao Colégio Guilherme Dourado, no último dia 9 de agosto.

Desde quando ocorreu o episódio lamentável, Marcus disse que se colocou à disposição do professor, principalmente para encontrar meios de acabar com “essa triste realidade de violência, onde alunos agridem professor”.

“O professor não é mais visto como uma autoridade da educação. Quero apenas destacar que esta Casa tem papel importante e precisamos fazer um debate consistente. Precisamos dar uma resposta à sociedade que busca por soluções que possam garantir a segurança de todos. Estou falando também como professor que sou”, disse Marcus Marcelo.

Foram convidados para a discussão o secretário municipal de Educação, Jocirley de Oliveira; o Comandante do 2° BPM, Tenente Coronel Miranda; a Diretora Regional de Educação, Maria Florismar, e o Delegado Regional de Polícia Civil, Bruno Boaventura.

Ainda foram convidados o coordenador das promotorias de Araguaína, Rodrigo Grizi Nunes; a presidente do Sintet de Araguaína, Rosy Franca Oliveira; e dois diretores, um representando as escolas municipais e o outro as estaduais.

Foto: Divulgação
Vereador Marcus Marcelo

Comentários pelo Facebook: