Câncer de pele – Sol forte e praias são uma combinação tentadora, mas perigosa

Redação AF - |
Foto: Thiago Sá
Praia da Gaivota - Araguacema

O Ministério da Saúde definiu o mês de dezembro como período chave da campanha de alerta para a exposição excessiva aos raios solares e riscos de câncer de pele, uma vez que é a época em que o sol é mais incidente e a busca pelas praias é mais constante nas regiões sul e sudeste do país.

Mas no Tocantins, e em boa parte dos Estados da região norte, o período de muito sol e praias (de água doce) começa agora e se estende até o final de setembro. Por isso a Acreditar Tocantins – Oncologia D’Or, clínica especializada em tratamento contra o câncer em Araguaína, escolheu o mês de julho para atribuir a cor laranja de alerta para ações preventivas.

Dra. Ariana Luz, oncologista da Acreditar Tocantins – Oncologia D’Or, lembra que o câncer de pele representa 30% de todos os tumores malignos registrados no Brasil.

“Por isso a prevenção é tão essencial. Não podemos esquecer da alta incidência de raios solares no Tocantins. O protetor solar deve ser usado até quando o dia está nublado, na sombra, e em todos os horários, renovando a camada a cada duas horas, pelo menos”, orienta a médica.

Entre os tumores de pele, o tipo não-melanoma é o que tem maior incidência e a taxa de mortalidade mais baixa. Se for diagnosticado precocemente, tem alto percentual de cura.

Prevenção é sempre o melhor caminho

As dicas de prevenção já são de amplo conhecimento, mas é sempre importante reforçar:

§ Evitar a exposição solar entre as 10h e 16h;

§ Utilizar proteções para a cabeça como chapéus e bonés;

§ De preferência, usar chapéus com filtro solar;

§ Usar óculos escuros;

§ Se possível, usar roupas com fator de proteção solar (a maioria pode ser usada na água, pois tem secagem rápida);

§ Usar protetores solares com fator (FPS) 30, no mínimo, com aplicação a cada duas horas;

§ Ao passar o protetor, a pele precisa ficar levemente esbranquiçada. Ela se encarrega de absorver o protetor aos poucos;

§ Aplicar o protetor (creme) com pelo menos 30 minutos de antecedência antes de entrar na água;

§ Reaplicar o filtro solar sempre que sair da água;

§ O filtro deve ser utilizado diariamente, mesmo em dias nublados ou chuvosos.

(Singular Comunicação)

Comentários pelo Facebook: