Carlesse diz que sua candidatura oferece “caminho seguro” à população do Tocantins

Agnaldo Araujo - |
Foto: Nielcem Fernandes // AF Notícias
Com chapa definida, Carlesse oficializa candidatura a reeleição

Nielcem Fernandes // AF Notícias

Aliados, líderes políticos e militantes partidários lotaram a Assembleia Legislativa na tarde desse sábado (4) para acompanhar a convenção do Partido Humanista da Solidariedade (PHS). Sem surpresas, o atual governador Mauro Carlesse (PHS) confirmou seu nome como candidato à reeleição em outubro ao lado do vice, Wanderlei Barbosa (PHS).

Conforme adiantado por Barbosa ao AF Notícias, o governo manteve o compromisso firmado para a eleição suplementar e anunciou os nomes do ex-governador Siqueira Campos (DEM) e do deputado federal César Halum (PRB) na disputa ao Senado Federal.

O ex-deputado federal Eduardo Gomes (SD) aceitou a suplência de Siqueira e o empresário Darci Garcia da Rocha será o primeiro suplente de Halum.

Foto: Nielcem Fernandes // AF Notícias
Carlesse oficializou seu nome como candidato a reeleição durante a convenção do PHS no início da noite desse sábado (4).

Em um palanque lotado de lideranças e pré-candidatos, Carlesse lembrou a vitória na eleição suplementar e disse que o projeto de governo é fazer com que a comunidade seja atendida imediatamente. “Tivemos uma votação expressiva na eleição suplementar. Nosso projeto de governo é manter o que estamos fazendo, atendendo a população imediatamente, que a sociedade não fique esperando. É o que estamos fazendo”, disse.

Carlesse disse que não está prometendo nada que não possa cumprir. Para ele, um dos caminhos do desenvolvimento do Estado é a industrialização.

“A minha candidatura vem oferecer à população um caminho seguro. Não vou prometer nada que não seja possível fazer. Vamos dar as condições e os incentivos necessários para as empresas se instalarem aqui.  Com mais indústrias, teremos mais empregos e mais riquezas para a nossa gente”, disse.

Foto: Nielcem Fernandes // AF Notícias
Ao lado de Siqueira, Carlesse fez discurso destacando a importância da industrialização no estado

O governador fez questão de enaltecer a postura do ex-deputado federal Eduardo Gomes (SD), que deixou a oposição e aceitou a suplência de senador na chapa majoritária.

Na primeira campanha nós estávamos em palanques opostos. Ele (Gomes) bateu demais no Carlesse. Mas ele entendeu que é esse nosso palanque. É esse o palanque dele e nós estamos juntos. Por ele ser um homem importante para nós e ter compromisso com o Estado, ele está aqui hoje ao nosso lado”, comentou.

Gomes apoiou o senador Vicentinho Alves (PR) na eleição suplementar, mas agora são concorrentes diretos e em lados opostos.

Perfil Mauro Carlesse

Mauro Carlesse tem 58 anos e nasceu no município de Terra Boa (PR). No Tocantins, ocupou-se como empresário e agropecuarista. Iniciou a carreira política ao se filiar ao Partido Verde (PV) em 2011, quando então já exercia a presidência do Sindicato Rural de Gurupi. Foi candidato a prefeito daquela cidade nas eleições de 2012.

Em 2013, filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e candidatou-se a deputado estadual em 2014, conquistando uma vaga para a 8ª Legislatura. Em 2016, Mauro Carlesse se filiou ao PHS e foi eleito presidente da Assembleia Legislativa para o biênio 2017/2019.

Com a cassação do governador e vice-governadora do Tocantins pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carlesse foi oficiado para assumir interinamente o Executivo estadual no mês de março deste ano. Após eleição suplementar, realizada no mês de junho, Mauro Carlesse foi eleito em segundo turno com uma ampla vitória de mais de 75% dos votos válidos. Atualmente é governador eleito do Tocantins com mandato até 31 de dezembro de 2018.

Perfil Wanderlei Barbosa

Wanderlei Barbosa Castro é natural de Porto Nacional (TO), onde se elegeu vereador em 1989. Em 1996, foi eleito vereador na Capital, sendo reeleito em 2010. Foi presidente da Câmara Municipal de Palmas nos biênios de 2003/2004 e de 2009/2010. Foi, também, subprefeito de Taquaruçu na época de sua emancipação.

Em 2010, conquistou seu primeiro mandato de deputado estadual, sendo reeleito em 2014. Atualmente é filiado ao PHS e vice-governador do Estado do Tocantins, tendo sido eleito no pleito suplementar de junho deste ano na chapa de Mauro Carlesse.

Comentários pelo Facebook: