Carlesse sanciona lei que dá prêmio em dinheiro aos servidores da saúde no TO

Agnaldo Araujo - |
Foto: Nael Reis/Secap
O programa premia os profissionais em dinheiro

O Governador Mauro Carlesse (PHS) sancionou a Lei nº 3.369, de 4 de julho de 2018, que institui o Programa de Aprimoramento da Gestão Hospitalar – PAGH-Cirúrgico. A lei também prevê premiação em dinheiro aos profissionais de saúde que atuarem no mutirão de cirurgias eletivas.

A proposta foi aprovada pela Assembleia Legislativa e publicada no Diário Oficial do Estado dessa segunda-feira (23).

O objetivo é permitir a ampliação do acesso aos procedimentos cirúrgicos eletivos de baixa, média e alta complexidade em 18 hospitais regionais do Tocantins.

Conforme o Governo, a fila de espera por cirurgias eletivas conta com 5.547 pessoas. A especialidade com maior demanda é a geral, com 1.669 pacientes, seguida da ortopedia (1.035).

Conforme o programa, a premiação varia de R$ 80 para os técnicos em enfermagem que atuarem em procedimentos cirúrgicos de baixa complexidade até o valor de R$ 600 para médico cirurgião que atuar em procedimentos de alta complexidade.

O programa já está em vigor.

Comentários pelo Facebook: