Sobral – 300×100
Seet

Carlos Gaguim tem posição duvidosa sobre transposição do rio Tocantins: sim ou não?

Redação - |
Foto: Divulgação
Deputado Carlos Gaguim

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (Podemos) que disse não ter medo de perder votos por apoiar Michel Temer (PMDB) nas denúncias de corrupção, pois ‘o povo esquece isso até as eleições’, se envolveu em mais uma polêmica nos últimas semanas. Desta vez, Gaguim tem posição duvidosa quanto à transposição do Rio Tocantins, pois seu nome está sendo divulgado junto as duas opiniões possíveis: favorável e contra o Projeto de Lei de Gonzaga Patriota (PSB-PE).

Em um vídeo institucional do deputado Gonzaga, Gaguim enaltece a transposição e diz que o Estado tem sim água suficiente e condições para construir um projeto viável para amenizar a seca do Nordeste.

O deputado continua ainda na propaganda da transposição, falando em nome do Tocantins, que o Estado apoia e defende o Projeto de Lei do deputado federal pernambucano. “O Tocantins está junto desse grande líder Gonzaga Patriota”, ressalta Gaguim.

Completamente contrário à sua própria opinião, na última sexta-feira (10),  na tribuna da Câmara dos Deputados, Carlos Gaguim disse que o Projeto de Lei não pode ser aprovado do jeito que está, mas manteve o posicionamento de que o Tocantins tem bastante água para atender à demanda.

Nesta nova versão de Gaguim, no entanto, é preciso haver um estudo mais aprofundado da proposta. “Nós somos contrários à aprovação deste Projeto sem estudo, sem passar pela nossa bancada… A gente quer ajudar o País, mas hoje é inviável”, defende Gaguim ao afirmar que no Senado, a bancada lutará contra a transposição do rio Tocantins.

Dos parlamentares tocantinenses em Brasília, duas já se mostraram contrárias à transposição: Kátia Abreu (PMDB) e Josi Nunes (PMDB). No Tocantins, Mauro Carlesse (PHS) fez duras críticas ao Projeto de Lei e está convocando mobilização popular para impedir a transposição.

GAGUIM FAVORÁVEL À TRANSPOSIÇÃO

 

GAGUIM CONTRÁRIO À TRANSPOSIÇÃO

Comentários pelo Facebook: