Carros apreendidos viram criadouros do Aedes aegypti em Delegacia de Araguaína

Agnaldo Araujo - | - 581 views
Foto: AF Notícias
Água acumulada na carroceria de um veículo

Márcia Costa//AF Notícias 

Vários focos do mosquito Aedes Aegypti foram encontrados em veículos apreendidos pela Polícia Civil, mas que estão abandonados na rua em frente à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) e Delegacia de Plantão. Além de água acumulada, os agentes de endemias também encontraram muito lixo no local.  O mosquito é um vetor de transmissão da dengue, chikungunya, febre amarela e também do zikavírus.

A vistoria foi feita por agentes do Centro De Controle de Zoonoses (CCZ), na manhã desta terça-feira (12). Cerca de 20 focos do mosquito foram encontrados e os agentes usaram inseticidas e tentaram retirar a água acumulada dentro dos veículos, para evitar a proliferação dos focos.

Também foram encontradas larvas do Aedes Aegypti numa fossa da CPPA que jorra a céu aberto. Quem costuma passar pelo local ficou assustado com o problema.

“Devia dar exemplo, já que é um órgão público. Não adianta campanha de conscientização se eles não ajudam. Não apenas moradores que passam por aqui, mas os servidores que trabalham nesses locais estão sujeitos a ter alguma doença, porque aqui é um verdadeiro criadouro”, disse Emerson Cruz.

Os veículos que ficam em frente à CPPA e delegacia estão com alguma irregularidade ou com registro de furto ou roubo. O delegado regional de Polícia Civil, Bruno Boaventura, disse que já acionou a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para que tome providências em relação aos veículos apreendidos.

É muito antiga essa situação. Depois da minha posse aqui na delegacia regional já entramos em contato com a Secretaria e com o Poder Judiciário para que esses veículos fossem leiloados. De forma urgente, só resta à secretaria de Saúde do Município fazer esse combate, porque nós realmente não temos como guardar esses veículos num local apropriado”, ressaltou.

A reportagem entrou em contato com a SSP e aguarda resposta.

Foto: AF Notícias
Agentes inspecionando os veículos
Foto: AF Notícias
Lavas do mosquito Aedes Aegypti

Comentários pelo Facebook: