Casal de assaltantes é morto a tiros logo após praticar roubo em lanchonete

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
O casal morreu após ser alvejado por uma terceira pessoa

Um casal de assaltantes foi morto a tiros logo após praticar um roubo a uma lanchonete localizada na Rua 1 do Conjunto Patrocínio, que fica paralela à Avenida Filadélfia, em Araguaína. O fato ocorreu por volta das 21h15min deste domingo (25).

Segundo a Polícia Militar, Romário Alves da Silva, idade não divulgada, e sua comparsa Chirlly Araújo, de 18 anos, entraram no estabelecimento comercial armados, renderam funcionários e clientes e fizeram várias ameaças. Enquanto Romário apontava a arma para a cabeça dos clientes, a mulher recolhia os pertences e roubava o dinheiro do caixa.

Logo após concluir a ação criminosa, o casal saiu de dentro da lanchonete, mas foi surpreendido com vários disparos de arma de fogo. Romário foi atingido por quatro tiros e morreu no local. Chirlly Araújo levou um tiro na cabeça, foi atendida pelos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada ao Hospital Regional de Araguaína (HRA), mas morreu minutos depois.

A Polícia Militar informou também que, segundo relato de testemunhas, uma pistola prata usada no roubo sumiu durante a ocorrência. O autor dos disparos não foi identificado.

A motocicleta em que o casal estava, uma Honda Bros 160, placa QKE 4097, havia sido roubada do proprietário em sua residência, no mesmo dia, no Setor Morada do Sol II.

A polícia encontrou com o casal vários celulares, carteiras, relógios e chaves de veículos, que foram apreendidos e apresentados na delegacia de Polícia Civil.

Romário já tinha ficha criminal e era suspeito de ser o autor de um homicídio ocorrido em 2015 no setor Oeste.

Comentários pelo Facebook: