Seet
Sobral – 300×100

Casamento comunitário realiza sonho de mais de 30 casais na zona rural de Aragominas

Redação - |
Foto: Divulgação
37 casais oficializaram a união

Juntos há 28 anos, Margarida Maria Pantoja Lucas, 55 anos, e Cariolano Amâncio dos Santos, 56 anos, só conseguiram oficializar a união perante a lei no último dia 23. O sonho existia, mas nunca havia sido realizado devido a dificuldades financeiras, conta o casal que tem quatro filhos juntos. “A gente já tinha esse plano, só que  o dinheiro nunca sobrava”, diz Margarida.

Assim como Margarida e Cariolano outros 36 casais também conseguiram realizar o sonho de validar a união perante a lei. Isso porque a Prefeitura de Aragominas, por meio da Secretaria de Assistência Social, ofereceu a eles, de forma totalmente gratuita, um casamento civil comunitário.

Hoje, as 74 pessoas beneficiadas pela ação podem comemorar a segurança, o conforto e solidez que a certidão de casamento proporciona à constituição familiar.

Com a esposa gestante de quatro meses, Carlos André Macena, 22 anos, comemora a oportunidade que receberam.

Para ele e sua cônjuge, Joelma Martins Veras, 19 anos, oficializar a união antes do “herdeiro” nascer era algo muito importante e significativo.

“Quando nosso filho nascer daqui a 5 meses já seremos oficialmente casados”, conta o noivo feliz com o casamento.

CERIMÔNIA 

Ao som de tradicional trilha sonora, os casais de Aragominas e de 10 assentamentos vizinhos percorreram de mãos dadas o tapete vermelho. O evento aconteceu no Projeto Assentamento Reunidas, no Município de Aragominas, a 110 de km de Araguaína.

A cerimônia foi celebrada pelo Juiz de Paz de Aragominas, Dernivaldo da Costa Tirelo, que relata a satisfação de contemplar a grande quantidade de pessoas se comprometendo com a família.

“Tantas famílias estraçalhadas, pessoas que estão aí no mundo e aqui as pessoas querendo firmar compromisso. É muito gratificante saber que eles estão realmente querendo constituir família”, destaca o magistrado

Comentários pelo Facebook: