Seet
Sobral – 300×100

Casamento no Parque Cimba encanta noivos, convidados e visitantes em Araguaína

Agnaldo Araujo - |
Foto: Marcos Filho
Este foi o primeiro casamento realizado no Parque Cimba

Os noivos Luanna Paz e Marcos Borges foram os protagonistas de um evento inédito em Araguaína: casar em um parque. Após três anos de união estável, eles foram os primeiros a realizarem o grande dia no Parque Cimba, implantado em 2015, sendo o primeiro parque ecológico urbano da cidade. O evento aconteceu no final da tarde desta quinta-feira (14) e encantou quem passava pelo local.

“Sempre sonhávamos em fazer um casamento diferente, rústico, romântico e num local aberto e público e desde que o Parque Cimba foi criado buscamos que fosse lá. As ruínas sendo nosso plano de fundo. Estamos muito realizados, porque é um local muito especial. Meu marido ficou encantado com tudo, que não vê a hora de comemorarmos nossas bodas”, declarou a noiva Luanna.

Para a estudante Betânia Silva, que sempre faz caminhada no parque, a ideia foi muito boa e ela aprovou os detalhes. “Achei tudo muito delicado e bonito. O parque deu um ‘quê’ a mais na decoração e realmente as ruínas ao fundo deixaram tudo muito encantador”, disse.

O vendedor de picolé Manoel Teixeira disse que ficou surpreso quando viu a organização do casamento. “Eu nunca imaginei um casamento aqui tão bonito como ficou. Uma ideia muito legal, eu fiquei impressionado”, afirmou.

DECORAÇÃO

De acordo com a cerimonialista Chiang Karla Barroso, a decoração e os ângulos foram pensados para que desse um tom natural e sofisticado ao casamento. “Foi um desafio fazer uma decoração inédita para o local, desde a escolha do ângulo ideal para que realizasse o sonho dos noivos com segurança e também não atrapalhasse os visitantes do parque”, contou.

A cerimonialista ainda disse que foi uma experiência gratificante. “Todos nós ficamos satisfeitos com o resultado. Não tínhamos um local como esse na cidade e realizar um casamento aqui foi realmente algo que ficará como marco em nossa carreira e na vida dos noivos”, contou.

PARQUE CIMBA

O parque começou a ser usado pela população no final de 2015 mesmo ainda não estando pronto. Ponto de lazer e de esportes, o local é aproveitado pelos araguainenses da melhor forma possível e agrada moradores e visitantes, sendo ponto de encontro para as famílias.

O local possui mais de 30 aparelhos de ginástica e musculação (academia a céu aberto), inclusive infantis, e parquinho, disponíveis para a comunidade. A pista de caminhada e corrida tem 1,3 km de percurso; para facilitar a prática esportiva foram colocados 3.538,06 metros quadrados de asfalto usinado tipo CBUQ. Já a ciclovia possui 1,1 km e tem 3.107,01 metros quadrados de asfalto; com largura adequada, sinalização visível e piso adequado, sendo um espaço que dispõe de segurança e comodidade tanto para os ciclistas como para os praticantes de skate e patins.

Ainda está sendo finalizado o lago do parque com uma queda d´água que dará mais uma opção de turismo e lazer para o local. O Parque Cimba ainda tem sido referência para diversos eventos, tanto esportivos como culturais e educacionais na cidade. (Thatiane Cunha)

Comentários pelo Facebook: