Sobral – 300×100
Seet

Catadores de materiais recicláveis denunciam supostos desvios de verbas destinadas à Associação em Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Vice-presidente denunciou supostas irregularidades em Associação

Márcia Costa //AF Notícias

O vice-presidente da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis “Sonhando pelo Mundo Melhor”, Vagner Barbosa, se pronunciou na tribuna livre da Câmara Municipal de Araguaína, durante a sessão desta terça-feira (21), para denunciar possíveis desvios de recursos destinados à entidade.

Na oportunidade, Vagner Barbosa questionou supostas irregularidades que existem dentro da Associação e declarou que os catadores precisam trabalhar de forma digna. Ele também denunciou a falta de organização e possível desvio de verbas doadas que seriam destinadas aos catadores, que estaria sendo utilizada de má-fé pelo representante da categoria.

O vice-presidente da Associação de Catadores explicou que o trabalho do catador consiste em recolher os materiais nas portas de empresas e levá-los para o galpão do setor Céu Azul, porém os trabalhadores deixaram de levar os materiais por causa do desvio de verbas.

“Hoje somos 40 catadores e a Associação precisa de organização. Desde 2010 que não conseguimos executar nossos trabalhados com dignidade. A Prefeitura fez um galpão no setor Maracanã, que não está sendo utilizado e nem chegou a ser repassado aos catadores. Eles dizem que não nos repassam o galpão porque lá será usado para o curso de pintura”, relatou.

Diante dos relatos, os vereadores decidiram convidar o presidente da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis para responder as denúncias e explicar como atualmente está funcionando os serviços da categoria na cidade.

Comentários pelo Facebook: