Sobral – 300×100
Seet

Centenas de lâmpadas são quebradas por ação de vândalos em Araguaína; Costa Esmeralda registra o maior número

Redação AF - |
Foto: Marcos Filho
100% das lâmpadas substituídas nos três setores são por causa de vandalismo.

Os atos de vandalismo contra o sistema de iluminação pública causam transtornos à comunidade e obrigam a Prefeitura a trocar mensalmente um número elevado de lâmpadas e luminárias. Mensalmente, são trocadas cerca de 390 lâmpadas, parte delas alvo de vandalismo.

Segundo o diretor do Departamento de Iluminação Pública da Secretaria da Infraestrutura, Francivaldo de Oliveira, enquanto na média geral da cidade, o vandalismo representa 15% das lâmpadas substituídas, nos setores Costa Esmeralda, Construindo Sonhos e Vila Azul, esse índice chega a quase 100% das substituições.

No setor Costa Esmeralda, o departamento realizou em setembro de 2016 a substituição de todas as lâmpadas apagadas. De um total de 362 lâmpadas substituídas, 89 haviam sido quebradas por vândalos. Em dezembro, menos de 90 dias depois, os técnicos do departamento voltaram ao setor e das 44 lâmpadas apagadas detectadas, todas haviam sido alvo de vandalismo, o que significa que a cada dois dias uma luminária no valor R$ 190 é quebrada, denotando aos cofres públicos um prejuízo anual de R$ 30 mil em um único bairro.

“É um ciclo sem fim. As lâmpadas são trocadas e logo depois voltam a ser quebradas pelos vândalos, adolescentes e adultos, que jogam pedras para destruí-las. Eles preferem a ausência de luz para fazer coisas erradas”, relatou a diarista Carla Almeida, moradora do Residencial Costa Esmeralda.

Diante disso, a Prefeitura solicita o apoio da população para a manutenção da iluminação, denunciando os vândalos através do telefone 190, lembrando que destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia é crime passível de detenção de 1 a 6 meses ou multa. Se cometido contra patrimônio público, a detenção pode chegar a 3 anos.

A dona Antônia Maria Godinho, moradora do Costa Esmeralda, conta que está sempre de olho e até já correu atrás dos vândalos que tentavam quebrar uma lâmpada perto de sua casa. Ela relata que o vandalismo causa transtornos aos moradores: “A rua fica toda escura e perigosa, às vezes, por causa do calor, a gente gostaria de sentar à porta de casa, mas não pode, pois tem medo”.

A comunidade pode solicitar a substituição de lâmpadas entrando em contato direto com o departamento responsável através do telefone 3411-7066. (Mara Santos)

Foto: Marco Filho

Comentários pelo Facebook: