Seet
Sobral – 300×100

Chuva forte em Araguaína faz cratera avançar sobre Avenida Filadélfia e derruba poste de energia

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Cratera avança sobre Avenida Filadélfia e derruba poste de alta tensão.

A forte chuva que caiu em Araguaína (TO), na região norte do Estado, por várias horas na tarde desta quarta-feira (13), provocou alagamentos e a derrubada de um poste de energia elétrica.

Na avenida Filadélfia, no Setor Coimbra, perímetro urbano da TO-222, a situação ficou a mais crítica. O grande volume de água fez a gigantesca cratera avançar sobre parte da rodovia, arrancou todo o aterro do pé de um poste de alta tensão e ainda escavou por baixo da pista. A rodovia está completamente interditada.

O poste ficou preso apenas pelos cabos de alta tensão. Equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Prefeitura e da empresa concessionária de energia estiveram no local. O poste foi retirado e trânsito desviado pelas ruas do setor Coimbra.

A enxurrada também deixou várias ruas intrafegáveis e a Defesa Civil do Município monitorou durante todo tempo o volume de água no Córrego Neblina, que corta a cidade, e que ameaçava transbordar.

Segundo a Prefeitura, o monitoramento segue contínuo no local.

Rotas alternativas

A AMTT fez a seguinte rota para quem segue no sentido Araguaína/Filadélfia: os motoristas devem seguir pela Avenida Goiás, Rua 1, Rua 11, no Setor Coimbra, e pega a Avenida Filadélfia.

Para quem vem de Filadélfia/Araguaína a rota é a seguinte: Rua 11, Rua 1, Avenida Goiás, no Setor Coimbra, e Avenida Filadélfia.

Outras ruas paralelas a Av. Filadélfia também podem ser utilizadas pelos motoristas.

Foto: Marcos Filho
Equipes da Energisa providenciam a retirada do poste.
Foto: Divulgação
Defesa Civil do Município monitora nível de água do Córrego Neblina.
Alagamentos ocorreram em várias partes da cidade. Bairro Neblina foi bastante afetado.
Alagamentos ocorreram em várias partes da cidade. Bairro Neblina foi bastante afetado.

Ação emergencial não chegou a tempo

Na manhã desta terça-feira (12), o prefeito Ronaldo Dimas e os secretários da Infraestrutura do Estado e Município, Sérgio Leão e Simão Moura Fé, juntamente com técnicos, vistoriaram a cratera. No último sábado (09), a Defesa Civil Municipal já havia notificado o Estado sobre o risco de desabamento no local e solicitou uma ação imediata para solucionar o problema.

Após a vistoria, o secretário estadual Sérgio Leão informou que será feita uma contenção emergencial a princípio, com escoramento dos pontos com risco de desabamento, no prazo de 15 dias, com o objetivo de evitar o rompimento da rodovia. Somente depois, a obra definitiva será realizada, mas não há prazo definido.

Foto: Divulgação
Carro fica quase submerso na enxurrada.

Comentários pelo Facebook: