Seet
Sobral – 300×100

Cinco cidades do Tocantins terminaram o ano com epidemia de dengue

Redação AF - |
Foto: Divulgação
As cinco cidades do Tocantins são Abreulândia, Miracema, Paraíso, Divinópolis e Muricilândia

Cinco cidades do Tocantins terminaram o ano de 2015 com epidemia de dengue, segundo dados divulgados pelo  Ministério da Saúde. As informações consideram apenas as cidades que, apenas em dezembro, tinham “alta” proporção de casos.

Para definir quadro de epidemia, um município precisa ter mais de 300 casos da doença a cada 100 mil habitantes, patamar utilizado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Nessa relação, as cidades do Tocantins apontadas com o surto são Muricilândia, que registrou um total de 353 casos; Miracema, com 933; Abreulândia, com 1.49; Divinópolis, com 847 e Paraíso, com 318.

Brasil

De acordo com o levantamento, 135 cidades brasileiras terminaram 2015 com epidemia da doença, e enfrentam um cenário que costuma ser esperado apenas para os meses de abril e maio. No mesmo período de 2014, apenas 32 municípios estavam nesse mesmo cenário, com um aumento de 322%.

Dessas 135 cidades que começaram este ano enfrentando quadro epidêmico, 60 estão na região Sudeste, 32 no Centro­-Oeste, 29 no Nordeste, oito no Sul e seis no Norte.

O Sudeste concentra quase metade dos municípios com maior incidência de dengue neste último mês, ou 60 ao todo. Em seguida vêm o Centro­-Oeste, com 32, e Nordeste, com 29.

De acordo com o diretor de vigilância de doenças transmissíveis no Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, a pasta pretende orientar os municípios com maior incidência de dengue para o risco de infecções pelo vírus zika e a ocorrência de microcefalia em bebês.

Em todo o ano

O país registrou recorde nos casos de dengue em 2015, quando 40% dos municípios do país registraram mais de 300 casos a cada 100 mil habitantes.

Comentários pelo Facebook: