Cineasta goiano começa produção de filme de horror escrito por roteirista de Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Filme contará história de serial killer que mata suspeitos de estupro.

O jornalista e cineasta goiano, Willan Lopes, começou a pré-produção do curta-metragem “O estranho palhaço do mal”. O roteiro é de autoria do repórter e roteirista araguainense Stoff Vieira Costa.

O curta será gravado em Anicuns, Goiás, entre a segunda quinzena de agosto e primeira quinzena de setembro. A direção é de Willan Lopes, jornalista, professor e cineasta, com a assistência de Wanessa Meira, também jornalista e cineasta.

O filme será lançado ainda no final de outubro, em Anicuns e também em Goiânia. A expectativa é que o mesmo circule nos principais festivais de horror no Brasil e no exterior. O primeiro em que o filme será inscrito é o festival Morcego Vermelho, realizado em Goiânia.

Foto: Divulgação
Cenário onde o filme será gravado.

“Encontrei o roteiro do filme por acaso em um site de roteirista na internet, li e gostei muito. Então procurei entrar em contato com o autor do trabalho, Stoff Vieira, para tratar da possível liberação dos direitos de filmagem do roteiro. A ideia era filmar em 2018, mas resolvi passá-lo adiante de outros projetos e filmar agora no segundo semestre de 2017”, afirmou o diretor.

O filme relata a história de quatro jovens envolvidos em uma acusação de abusarem sexualmente e assassinarem uma criança de 13 anos. Após o fato, os envolvidos começam a desaparecer ao serem raptados, torturados e assassinados de maneira sangrenta e cruel por um serial killer que se esconde atrás de uma fantasia de palhaço.

“É um roteiro bem escrito, que prende a atenção do espectador e mantém o suspense sobre a identidade do palhaço até o final do filme. Portanto, acredito que o filme será bem aceito e terá grande sucesso“, acrescentou Willan Lopes.

OUTROS PARTICIPANTES

A direção de fotografia do filme ficou por conta do professor universitário e cineasta Cláudio Bosco. O protagonista é Anderson Doutor. O filme conta também com a participação de Matteos Tadzo, Jhon Vittor, Luiz Antônio, Tatiane Ribeiro e o ator convidado Gabriel Torquato.

Comentários pelo Facebook: