Cirurgia plástica era ‘grande sonho’ de servidora aposentada; Polícia Civil investiga

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Regina Melo morreu três dias depois da cirurgia

A 1ª Delegacia de Polícia Civil abriu investigação para apurar as circunstâncias da morte da servidora pública aposentada Regina Pereira Melo, de 62 anos, ocorrida na manhã desta quinta-feira (9) no Hospital Dom Orione, após se submeter a uma cirurgia de abdominoplastia.

Segundo a Polícia Civil, já foram ouvidos o marido e a filha da vítima, Paulo César e Daniele Melo, respectivamente. Segundo eles, essa cirurgia seria a realização de um grande sonho de Regina.

A servidora aposentada teria feito diversos exames, antes de realizar o procedimento, e teve acompanhamento médico enquanto estava internada.

O diretor técnico do Hospital Dom Orione, Arnaldo Nunes relatou à Polícia Civil que o cirurgião plástico Celso Mangili Aulálio, que realizou a cirurgia na vítima, apenas solicitou a sala do hospital para a execução do procedimento, sendo que toda a negociação ocorreu no consultório particular do referido profissional.

Conforme a Polícia Civil, o hospital pediu um prazo de cinco dias para encaminhar o relatório médico completo da paciente.

A polícia disse ainda que há diligências investigatórias a serem cumpridas e assim que a investigação for concluída será encaminhada ao Poder Judiciário.

ENTENDA

A servidora aposentada Regina Pereira Melo, de 62 anos, faleceu no início da manhã dessa quinta-feira (9) em decorrência de complicações após fazer uma cirurgia plástica no Hospital e Maternidade Dom Orione, em Araguaína, norte do Estado.

Ela realizou um procedimento estético conhecido como abdominoplastia, na última segunda-feira (6), com o cirurgião plástico Celso Mangili Eulálio.

Segundo amigos da família, Regina começou a sentir fortes dores um dia depois da cirurgia e teve de ser submetida a outra cirurgia para verificar possíveis complicações. Após esse segundo procedimento, ela não teria reagido mais e foi encaminhada à UTI, onde faleceu.

VEJA MAIS…

Servidora pública morre depois de fazer cirurgia plástica em hospital de Araguaína

Comentários pelo Facebook: