Coligação de Kátia Abreu diz que terá candidatura própria na eleição de outubro

Agnaldo Araujo - | - 641 views
Foto: Waldemir
Senadora Kátia Abreu

Nielcem Fernandes // AF Notícias

A coligação ‘Reconstruindo o Tocantins’, encabeçada pela senadora Kátia Abreu (PDT), 4ª colocada na eleição do último domingo (3), anunciou nesta terça (6) que não opiará nenhum dos dois candidatos que disputam o segundo turno no próximo dia 24 de junho.

A nota fui divulgada após rumores nas redes sociais de que a candidata teria declarado apoio ao candidato Mauro Carlesse (PHS).

Participaram da reunião todos os partidos integrantes da coligação (PDT, PSD, PEN, AVANTE e PSC), juntamente com líderes de outros partidos, e decidiram por unanimidade que não apoiarão nenhum dos candidatos.

A nota é assinada pela senadora como presidente estadual do PDT, pelo deputado federal Irajá Abreu, presidente do PSD no Tocantins, pelo presidente estadual do PEN, Sargento Aragão, pelo presidente do AVANTE, Tom Lyra e pelo presidente estadual do PSC, o deputado estadual Osires Damaso.

Confira a Íntegra da Nota:

NOTA A IMPRENSA

Os Presidentes dos Partidos Políticos integrantes da Coligação Reconstruindo o Tocantins: PDT, PSD, PEN, AVANTE e PSC, juntamente com líderes políticos de outros Partidos, vem a público comunicar a decisão, unânime, tomada em reunião realizada a partir das 19h30min, do dia 05 de junho, no Auditório do Hotel Vitória, em Palmas, de permanecerem unidos sob a coordenação da Senadora Kátia Abreu; onde não tomarão partido no Segundo Turno da Eleição Suplementar para o Governo do Estado do Tocantins. Tendo em vista o momento político, em que temos um projeto político-administrativo sólido, visando o desenvolvimento econômico, o combate à pobreza e a responsabilidade fiscal, vamos participar das Eleições de 07 de outubro, com candidatura própria, aberta para composição com outras siglas partidárias.

Comentários pelo Facebook: