Seet
Sobral – 300×100

Coligação de Valderez tenta barrar pesquisa solicitada pelo AF Notícias, mas juiz diz que alegação é falaciosa

Redação AF - - 932 views
Foto: Divulgação
Arnaldo Filho condena atitude da Coligação.

A Coligação Unidos por Araguaína, da candidata Valderez Castelo Branco (PP), tentou barrar a divulgação de pesquisa eleitoral encomendada pelo Portal AF Notícias, mas o juiz Sérgio Aparecido Paio indeferiu o pedido liminar. A pesquisa, registrada sob o nº TO-08918/2016, está sendo realizada pelo Instituto Tocantins Market, com 1.100 eleitores, e será divulgada nesta quarta-feira (14/9).

O diretor do AF Notícias, Arnaldo Filho, classificou como “ousada e desrespeitosa” a atitude da Coligação. “Querem julgar a imprensa e os profissionais de credibilidade com o mesmo parâmetro que julgam os políticos”, criticou.

A coligação alegou que no ato do registro da pesquisa não foi informado o pagante pelo trabalho e o formulário da pesquisa apresenta erros. Contudo, o juiz não se convenceu das alegações e ressaltou que a pesquisa atende às exigências da justiça eleitoral.

Conforme pontuou o juiz, a pesquisa cumpre todas as exigências da lei eleitoral. “Cumpre ressaltar, que a pesquisa apresentou questionário completo aplicado ou a ser aplicado, conforme exigido no art. 2º, inciso VI, da Resolução TSE nº 23.453/2015. Assim, a pesquisa impugnada apresentou as condições exigidas na Resolução TSE nº 23.453/2015. Foi devidamente registrada junto à Justiça Eleitoral em 08/09/2016, podendo ser divulgada a partir do dia 14/09/2016”, diz a decisão.

O juiz finaliza afirmando que “a alegação de que a pesquisa não é idônea é, no mínimo, falaciosa e artificial, posto que fundada em mera presunção”.

Arnaldo Filho manda respeitar a imprensa

O diretor do AF Notícias, Arnaldo Filho, ressaltou o histórico de credibilidade do portal e voltou a condenar a atitude da Coligação. “Fizeram uma representação totalmente infundada, como o próprio juiz reconheceu. Tem que respeitar a imprensa. Não estamos aqui para brincar ou para fazer política partidária, mas sim jornalismo. O AF Notícias tem quase seis anos no ar e não faria um levantamento se não fosse de confiança. Os candidatos deveriam se preocupar em mostrar propostas decentes e viáveis para a cidade”, destacou Arnaldo Filho, que é diretor do AF e advogado.

Arnaldo Filho destacou a seriedade da cobertura eleitoral feita pelo AF. “Abrimos espaço a todos os candidatos para divulgar suas propostas. Nenhum poderá reclamar em relação a isso. Nosso interesse é permitir que o eleitor conheça os propósitos de cada um“, finalizou.

Comentários pelo Facebook: