Com 48%, eleitores indecisos podem decidir eleição no Tocantins ainda no 1º turno

Redação AF -
Foto: Divulgação
Palácio Araguaia, sede do Governo do Estado

O desinteresse do eleitor tocantinense pelas eleições suplementares de 3 de junho já tinha sido revelado pela pesquisa Fecomércio/Ibope, divulgada no dia 10 de maio, quando 54% dos entrevistados afirmaram ter pouco ou nenhum interesse.

Já na pesquisa FIETO/Vetor, divulgada hoje (1º de junho), o percentual de eleitores que responderam ninguém/branco/nulo/não sabe ou não respondeu chega a 48% dos entrevistados na espontânea, e 34% na estimulada.

Considerando que nos dois cenários há um empate técnico entre os candidatos Mauro Carlesse (PHS), Carlos Amastha (PSB) e Vicentinho Alves (PR), levará a melhor quem mais conquistar votos nesses últimos dois dias, podendo, inclusive, decidir a disputa ainda no 1º turno, algo muito remoto, mas não impossível.

Foto: Divulgação
Pesquisa FIETO/Vetor

Os resultados apontam que:

1 – A grande maioria dos eleitores (91%) se mostra ciente de que a eleição suplementar acontecerá no próximo domingo e 78% deles afirmam que certamente irão comparecer para votar.

2 – Apenas 52% dos eleitores ouvidos souberam expressar espontaneamente o seu voto a algum candidato e, quando estimulados, temos 66% escolhendo alguma opção válida.

3 – Nas duas modalidades de intenção de voto (espontânea e estimulada) os resultados apontam para uma eleição em dois turnos, uma vez que não houve nenhuma candidatura com a possibilidade de alcançar mais de 50% dos votos válidos.

4 – Três candidatos aparecem com possibilidade de ir para o segundo turno: Mauro Carlesse, Carlos Amastha e Vicentinho Alves.

5 – Na menção espontânea, considerando os votos válidos, o candidato Mauro Carlesse (28%) aparece na dianteira com apenas um ponto percentual acima do segundo colocado, Carlos Amastha (27%).

6 – Na modalidade estimulada acontece o inverso: Amastha (27%) aparece na primeira colocação com um ponto percentual acima do resultado apresentado por Carlesse (26%) nos votos válidos.

7 – O candidato Vicentinho Alves se posiciona em terceiro lugar nas duas modalidades de voto (24% na espontânea e 22% na estimulada), mas em um quadro de empate técnico com os dois primeiros, considerando a margem de erro de 3 pontos percentuais determinados para essa pesquisa. A possibilidade de ir para o segundo turno não pode ser descartada.

8 – A maior rejeição entre os eleitores foi apresentada pela candidata Kátia Abreu (34%).

Veja a pesquisa completa

Pesquisa FIETO aponta disputa acirrada: Carlesse, Amastha e Vicentinho tecnicamente empatados

Comentários pelo Facebook: