Comissão viaja a Brasília para cobrar agilidade no processo de criação da UFNT

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Parte da comissão que viajou a Brasília

Uma comissão, composta pelos professores Airton Sieben, Kênia Rodrigues, Nataniel Gonçalves, o técnico Antônio Moreira e o acadêmico Gabriel de Araújo, está em Brasília para dar celeridade ao Projeto de Lei que cria a Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT), com sede em Araguaína.

Conforme apurado, a comissão busca, na capital federal, apoio de toda a bancada tocantinense ao projeto de criação da nova universidade do Tocantins. Segundo os membros da comissão, o assunto tem sido amplamente discutido junto ao deputado federal Lázaro Botelho (PP).

A viagem da comissão foi motivada pela demora do projeto na Comissão Finanças e Tributação (CFT). O PL aguarda o parecer do relator e dentre as 5 universidades criadas em 2016 por Dilma Rousseff (PT),  é o que tramita de forma mais lenta.

Segundo membros da comissão, todas as outras universidades já têm resposta da CFT, sendo que a Delta do Parnaíba e Rondonópolis foram aprovadas na CFT e devem tramitar no Senado, onde passarão pela Comissão de Educação (CE) e Comissão de Assunto Econômicos (CAE) daquela Casa, seguindo para sanção presidencial.

Comentários pelo Facebook: