Confusão em boate de Araguaína por causa de mulher deixa dois feridos a bala

Agnaldo Araujo - |
Foto: AF Notícias
Disparo efetuado durante confusão dentro de boate.

Márcia Costa // AF Notícias

Um técnico de defesa social de Araguaína foi autuado pelo crime de lesão corporal após se envolver em uma confusão numa boate na madrugada de sábado (23), onde duas pessoas foram atingidas por estilhaços de bala. O caso aconteceu no Setor Entroncamento, por volta das 4h50.

Segundo a Polícia Civil, o técnico estava dançando com uma mulher quando foi abordado e agredido pelo ex-marido dela. No momento, o técnico sacou uma arma de fogo, mas a mulher e o ex-marido o agarraram. Na confusão, um disparo foi efetuado, possivelmente de maneira acidental.

Duas pessoas foram atingidas de raspão nas pernas pelos estilhaços e socorridas por populares. Conforme a Polícia Civil, uma terceira pessoa também teria sido atingida, mas não foi identificada e nem procurou a polícia.

O delegado Luiz Gonzaga explicou que as câmeras de segurança que registraram a ação vão ajudar na conclusão do inquérito. “O ex-marido fugiu. As câmeras mostram que ele tentou tirar a arma de fogo. Os três se entrelaçaram e o outro homem estava com uma camisa branca, possivelmente armado, pois fez insinuações e ajeitou algo na cintura. O caso está no 4º DP”.

O técnico estava com duas armas legalizadas, uma pertencente ao Estado e outra de propriedade particular, todas legalizadas. Ele foi encaminhado à Delegacia de Plantão para prestar esclarecimento e liberado.

Vídeo

Comentários pelo Facebook: