Conhecida como ‘musa do crime’, jovem recomeça sua vida na igreja e pede perdão

Agnaldo Araujo - |
Foto: AF Notícias
Jovem mudou de vida após ser presa por roubo

Márcia Costa//AF Notícias

A ‘musa do crime’ de Araguaína, jovem que ficou conhecida por cometer roubos, estelionato e ainda sorrir para as câmeras ao ser presa, é uma nova pessoa atualmente. Maria Karollyny Ferreira, de 22 anos, se converteu à religião ainda dentro da prisão e hoje frequenta a Igreja Assembleia de Deus Labaredas de Fogo.

“Deus me deu uma nova chance e eu dei a volta por cima. Foi um momento de sofrimento, de dor. Eu pedia para Deus me tirar da cadeia nem que fosse para eu morrer e percebi que fui presa não para minha derrota, mas para minha vitória”, disse Karollyny.

A jovem entrou para o mundo do crime aos 17 anos de idade. O motivo teria sido as más companhias. Ela já passou por sete prisões, mas resolveu mudar de vida e fez uma nova escolha.

“Deus tinha um plano. Eu pedi perdão a Deus pelos crimes, pelo mal que fiz às pessoas. Sei que serei julgada, mas eu quero mostrar que nasceu uma nova Karol”, afirmou.

Karollyny passou cerca de dois anos presa e agora responde pelo crime de roubo em regime semiaberto. A jovem que já foi campeã brasileira de Taekwondo vai começar a trabalhar no mês de fevereiro numa escola municipal, ministrando aulas para crianças.

Ela deixou um recado para as pessoas que já foram suas vítimas. “Foi doloroso e peço perdão para todas as pessoas que fiz mal. Hoje me arrependo de tudo que fiz”, finalizou.

Foto: Divulgação
Jovem Maria Karollyny Ferreira, antes e depois

Comentários pelo Facebook: