Seet
Sobral – 300×100

Construtora aguarda licença para iniciar obras de pavimentação e contratará cerca de 200 trabalhadores

Redação AF - |
Foto: AF Notícias
Paulo Vilela, diretor da Construtora CCB, que vai executar as obras.

A construtora CCB está aguardando apenas a liberação da licença do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) e o fim do período chuvoso para dar início às obras de pavimentação asfáltica em oito bairros de Araguaína (TO), do convênio de R$ 44,5 milhões. A afirmação partiu do diretor da empresa, Paulo Vilela, ao AF Notícias.

A licença federal é necessária para extração do cascalho que será usado nas obras. A empresa já conseguiu as licenças do Município e do Estado. Sem esse documento, que já foi cobrado inclusive pela Polícia Federal, corre o risco de as máquinas serem até mesmo apreendidas, alertou Paulo Vilela.

O DNPM deve emitir essa licença em no máximo 20 dias, conforme garantia do diretor do órgão à empresa. “Saindo essa licença, por volta do dia 20 de abril, levaremos as máquinas para iniciar as obras já no mês de maio”, garantiu o diretor.

Convênio

Os recursos da ordem de no valor de R$ 44.500.000,00 são provenientes do contrato de Financiamento nº 0399.548-33/2013, junto à Caixa Econômica Federal, firmado em 10 de dezembro de 2013, com recursos do Programa Pró-Transporte – PAC 2 – Segunda Etapa.

Serão beneficiados os setores RaizalTereza Hilário RibeiroBairro São João, e pavimentação dos setores Morada do Sol, parte do Araguaína SulAna MariaTocantins e parte do Setor Universitário. Nesses bairros moram quase metade da população da cidade.

Empenho do deputado

Foto: Divulgação
Elenil já intermediou duas audiências entre o governador Marcelo Miranda e o prefeito Ronaldo Dimas.

O deputado estadual Elenil da Penha (PMDB), que tem se esforçado para conseguir o início das obras, explicou que não há condições das máquinas iniciarem os trabalhos, nesse momento, devido ao período chuvoso. “Ao invés de melhorar a situação das ruas vai só piorar com buracos e lama”, acrescentou.

O parlamentar afirmou que “está em cima”, acompanhando de perto todos os trâmites e assegurou que “a turma do contra não terá forças para atrapalhar o início das obras”. Elenil refere-se aos opositores políticos da gestão Ronaldo Dimas.

Contratação de trabalhadores

O deputado ainda adiantou que serão contratados cerca de 200 trabalhadores para atuar nas obras, e todos de Araguaína. Além disso, Elenil afirmou que a empresa retomará as obras do Setor Maracanã, onde já foi concluído a drenagem.

Comentários pelo Facebook: