Defesa de Miranda protocola novo recurso no STF, já distribuído a Gilmar Mendes

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Marcelo Miranda e a vice Claudia Lelis

Nielcem Fernandes // AF Notícias  

Após publicação do acórdão da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que rejeitou por unanimidade os embargos de declaração do governador Marcelo Miranda (MDB), nessa quarta-feira (18), a defesa do governador cassado protocolou por volta das 18h um novo recurso no Supremo Tribunal Federal (STF), que já foi distribuído ao ministro Gilmar Mendes, o mesmo que concedeu a liminar que determinou o retorno de Miranda ao Palácio Araguaia, no último dia 6 de abril.

O advogado Antônio Glaucius de Morais fez um pedido cautelar ao STF com finalidade de obter ‘efeito suspensivo’ ao Recurso Extraordinário contra a decisão do TSE.

Na prática, o objetivo é barrar o afastamento do governador nesta quinta-feira (19) ou retorná-lo ao cargo, caso já tenha sido afastado. O caso está, novamente, nas mãos do ministro Gilmar Mendes.

Caso o recurso logre êxito, Marcelo Miranda deve voltar imediatamente ao cargo de Chefe do Executivo estadual, por se tratar de um pedido cautelar de antecipação de tutela (liminar).

Comentários pelo Facebook: