Sobral – 300×100
Seet

DEIC prende suspeitos da morte do jornalista Mateus Junior; ex-secretário morreu amarrado e amordaçado

Redação AF - |
Foto: Arquivo pessoal
Jornalista Mateus Junior, ex-secretário estadual de Comunicação, entre 2009 e 2010.

O jornalista tocantinense Francisco Mateus da Silva Júnior, 46 anos, conhecido por Mateus Júnior, que estava desaparecido desde sábado, 3, teve o corpo localizado pela Polícia Civil na noite desta quarta-feira (7/9), em Lajeado, a 55 km de Palmas.

O sepultamento do jornalista acontecerá na sua terra natal, no Estado da Paraíba, na sexta. O translado do corpo será realizado após o término do velório que acontece nesta quinta-feira (8) na Assembleia Legislativa. O caso foi registrado como latrocínio, roubo seguido de morte.

A Delegacia Especializada em Investigações Complexas (Deic) efetuou a prisão de nove pessoas envolvidas no crime nas cidades de Nova Rosalândia e Gurupi. Eles confessaram o crime e informaram a localização do corpo.

Foram presos Diego Rodrigues dos Santos, 20 anos, Bráulio Breendon Gonçalves Alencar, 24 anos, Thiago Cruz Alencar , 24 anos, e Jackelyne Cleia Araújo Dutra, 19 anos. Um quinto suspeito, Ronivon Pereira da Silva, 20 anos, está foragido. Outras cinco pessoas foram ouvidas e liberadas. Apenas Bráulio era conhecido do jornalista.

Mateus Junior foi morto após uma festa realizada em sua casa na madrugada do último sábado. O jornalista teria convidado o grupo em um bar. Cinco pessoas participaram da festa. Na casa da vítima, os amigos de Bráulio, que já possuíam antecedentes criminais, perceberam que o jornalista tinha um padrão de vida bom, o que despertou o interesse no roubo. Daí imaginaram que no local tivesse algum cofre, onde a vítima guardasse dinheiro, joias e outros objetos valiosos.

No relato dos suspeitos, os bandidos usaram uma arma para render o jornalista, amarraram e torturaram psicologicamente para contar onde estaria o possível cofre. Quando Mateus começou a gritar por socorro, e com crises de asma, os bandidos amordaçaram o jornalista e teriam colocado ele dentro do porta-malas de um carro, já desfalecido.

Com ele dentro do porta-malas, eles andaram pela cidade. Ao abrirem o carro, perceberam que o jornalista já estaria morto. Após isso, eles teriam levado o corpo de Mateus para a zona rural de Lajeado e deixaram em uma estrada vicinal coberto com mato e folhas, com os pés amarrados e amordaçado. Para despistar a polícia, uma parte do grupo foi para Nova Rosalândia e dois suspeitos levaram o carro do jornalista para Porangatu.

A casa do jornalista foi encontrada revirada na manhã de segunda-feira, 5, pela funcionária que trabalha no local. O carro, bem como objetos pessoais e eletrônicos, haviam sumido. O automóvel, um Honda City, ano 2009, havia sido localizado na terça no município de Porangatu (GO), nas proximidades do terminal rodoviário da cidade.

Mateus Junior é natural de Itaporanga (PA). Foi secretário de Comunicação do governo do Estado entre os anos de 2009 e 2010, assessor de comunicação da Prefeitura de Palmas, da Assembleia Legislativa, da Câmara Municipal de Palmas e da Federação do Comércio do Estado (Fecomércio). Atualmente trabalhava na Federação da Agricultura do Estado (Faet).

NOTAS DE PESAS

Neste momento de dor, a Secretaria de Estado da Saúde manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento do jornalista Mateus Junior, que sempre exerceu com profissionalismo e dedicação exemplar a função de comunicador no Estado do Tocantins.

A Secretaria de Saúde manifesta sua solidariedade à família, aos amigos e colegas de trabalho, rogando a Deus que conforte seus corações.

Palmas,  8 de setembro de 2016.

—————————————————————————

“Foi com muita tristeza que recebi na noite de ontem a triste notícia do falecimento do jornalista Mateus Júnior, alvo da crueldade de bandidos.  Mateus teve papel importante na evolução do Estado do Tocantins. Experiente profissional da mídia tocantinense, sempre se destacou por onde passava. Foi Secretário de Comunicação do Governo do Estado, Assessor de Comunicação da Prefeitura de Palmas e atualmente trabalhava como Chefe da Assessoria de Comunicação do Sistema FAE/SENAR.

Neste momento de dor, me solidarizo com a família, amigos e profissionais que tanto o prezam. Que Deus conforte o coração de todos.”

Moisemar Marinho e Família – Presidente do SINPOL (Afastado) e candidato a vereador em Palmas

—————————————————————————-

“É com imenso pesar que recebi  a triste notícia do falecimento de nosso querido amigo Matheus Júnior, vítima da crueldade de bandidos. Ele parte deixando-nos muitas lições de amor, amizade, profissionalismo, ética e humanidade.

As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor.

Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar esta tempestade.

A Deus pedimos também que dê ao nosso amigo o merecido repouso eterno em seu reino. Muito respeitosamente, prestamos as nossas condolências e deixamos os nossos mais sinceros pêsames”.

Deputado Wanderlei Barbosa e Família

————————————————————————-

Com grande pesar recebemos hoje a confirmação da partida prematura de Mateus Júnior, após esses dias de espera angustiante.

Por um breve, mais suficiente tempo eu e minha família pudemos desfrutar de seu convívio, quando trabalhamos juntos.

Desse período trago recordações de um homem íntegro, terno, cujo rosto irradiava alegria e vontade de viver. São estas as lembranças que escolho guardar

Porém, uno-me aos seus familiares e amigos, nessa hora de profunda dor. Peço ao nosso Deus, o Deus da vida, que o tenha recebido com amor e misericórdia e que nos ajude a aceitar sua ausência terrena.

Raul Filho e família

——————————————————————————

É com profundo pesar que lamentamos a morte do jornalista paraibano de nascença e tocantinense de coração, Francisco Mateus Junior. O brutal assassinato de Mateus Junior deixa todos consternados, seus familiares, amigos, companheiros de trabalho, e todos os jornalistas do Estado.

Mateus Junior que contribuiu muito para a comunicação do Tocantins e de Palmas, será sempre lembrado por todos pelo seu profissionalismo, inteligência, lealdade, alegria e bom humor.

Que Deus conforte toda a família e amigos, neste momento de dor e possa recebê-lo em seus braços dando-lhe o lugar merecido ao seu lado.

Paulo Mourão – Deputado Estadual

—————————————————————————–

É com grande pesar que o Sistema Fecomércio Tocantins lamenta a precoce partida de Francisco Mateus Júnior. O jornalista, que prestou serviços para a instituição, sempre demonstrou competência e profissionalismo. Respeitado pela enorme contribuição à comunicação do Estado do Tocantins, seu legado será lembrado sempre por colegas com os quais trabalhou, amigos e família.

A Fecomércio está de luto e se solidariza aos familiares, desejando condolências.

Sistema Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio Tocantins

—————————————————————————–

Comentários pelo Facebook: