Sobral – 300×100
Seet

Delegacias de Araguaína paralisam atendimento por tempo indeterminado devido falta de papel e efetivo

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Delegados colocam avisos nas portas das delegacias para informar a população sobre dificuldades.

“A sociedade nossas desculpas”, assim finaliza o comunicado deixado na porta da 4ª Delegacia de Polícia Civil de Araguaína, informando que não haverá atendimento devido a vários motivos, entre eles a falta de papel. O aviso foi feito, nesta quarta-feira (14/9), pelo delegado José Rérisson Macedo, que é titular da Delegacia Fazendária, mas responde conjuntamente pelas delegacias das cidades de Aragominas, Muricilândia e ainda pelo 4º DP.

“Em respeito à população desta cidade, comunicamos que esta unidade policial estará fechada nesta data por falta de efetivo policial e administrativo, vez que o escrivão se encontra em justa e merecidas folgas de plantão, o único agente lotado nesta unidade foi removido na data de ontem para a 1ª DP de Araguaína mediante ordem de missão do Delegado Regional, a unidade não conta com servidor administrativo”, diz o comunicado.

Não bastasse essa situação totalmente adversa, o delegado finaliza: “registre-se ainda, que estamos com falta de papel para confecção dos procedimentos”.

Aviso semelhante foi também fixado na entrada da 3ª Delegacia de Polícia pelo delegado titular Fernando Rizério Jayme. “Tendo em vista a ausência de papel fornecido pelo Estado, todos os trabalhos cartorários que dependem desse item estão paralisados por tempo indeterminado”, diz o aviso.

Situação semelhante está ocorrendo em todas as outras delegacias que integram o Complexo de Araguaína, o segundo maior do Estado. As dificuldades se estendem até mesmo ao simples ato de registrar um boletim de ocorrência.

Outro lado

Em nota, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/TO) informou que por uma questão de logística o abastecimento de material de consumo, no caso papel, em uma delegacia de Araguaína foi comprometido. “No entanto, a situação já foi normalizada, não prejudicando o atendimento ao público”, afirma a nota.

Com relação à lotação de agentes de polícia na 4º DP, a situação também foi normalizada, e nesta quinta-feira (15/09), a unidade já atende com um escrivão, dois agentes e um delegado, segundo a SSP.

img-20160914-wa0049

Comentários pelo Facebook: