Sobral – 300×100
Seet

Deputado é apelidado de ‘Zé da Federal’ após sugerir repúdio à Câmara de Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Polícia Federal na casa do deputado José Roberto (PT)

Vereadores de Araguaína reagiram à sugestão do deputado José Roberto (PT) em propor uma moção de repúdio à Câmara por rejeitar homenagem ao colega parlamentar Eli Borges (PROS). O assunto foi debatido no fim da sessão desta segunda-feira (16).

O vereador Silvano do Picolé (PSC) afirmou que se Zé Roberto cumprir o prometido, ele vai devolver com a mesma moeda. “Vou dar uma [moção de repúdio] para ele, Zé da Federal. É a [Polícia] Federal que está procurando ele. Esse deputado não conhece Araguaína. Fala muita abobrinha”, alfinetou, relembrando que Zé Roberto foi alvo da PF.

De imediato, a sugestão de Silvano do Picolé ganhou duas intenções de voto. O vereador Gilmar da Autoescola (PSC) e Edimar Leandro (PRP) adiantaram que votam favorável à propositura. Outros colegas criticaram as provocações do deputado Zé Roberto, mas preferiram cautela e evitaram polemizar o tema.

O vereador Edimar Leandro relembrou que Zé Roberto foi alvo da PF numa operação que investiga fraudes no Incra. Inclusive, o parlamentar foi conduzido coercitivamente para prestar depoimento.

“É isso que o deputado tem que se preocupar. É dar explicações à Polícia Federal e ao povo do Tocantins”, alfinetou o vereador.

Os vereadores, em geral exigiram respeito à decisão da Câmara de Araguaína. Os veteranos foram mais cautelosos e diplomáticos e só os três vereadores de primeiro mandato elevaram o tom e as provocações. Entretanto, há um consenso, a moção de repúdio a Zé Roberto (PT) não deve ser feita. (Araguaína Notícias)

VEJA MAIS…

Deputado petista sugere moção de repúdio aos vereadores de Araguaína

Comentários pelo Facebook: