Sobral – 300×100
Seet

Deputado petista sugere moção de repúdio aos vereadores de Araguaína

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Deputado Zé Roberto (PT) sugere moção de repúdio a Araguaína

A rejeição de uma moção de aplausos ao deputado estadual Eli Borges (Pros) foi o assunto mais debatido na Assembleia Legislativa do Tocantins durante a sessão matutina desta quarta-feira (11). A homenagem tinha sido proposta na Câmara Municipal de Araguaína pelo vereador Wagner Enoque (PRB), mas foi rejeitada pelos vereadores.

A moção seria um agradecimento ao deputado pela destinação de R$ 80 mil à Comunidade Terapêutica Vida Nova, instituição que atua no tratamento de dependentes químicos. Contudo, os vereadores ainda não esqueceram que Eli Borges votou a favor da retirada de R$ 45 milhões da verba prevista para a duplicação de trecho da rodovia TO-222.

Na tribuna da Assembleia, Eli fez um desabafo e ouviu palavras de consolo e solidariedade de vários colegas, a exemplo de Osires Damaso (PSC), Alan Barbiero (PSB), Wanderlei Barbosa (SD), José Bonifácio (PR) e Zé Roberto (PT), coincidentemente, os mesmos deputados que também votaram contra Araguaína.

Já o petista Zé Roberto não se contentou apenas em consolar Eli Borges. Ele também sugeriu que a Assembleia articule o contra-ataque à Câmara de Araguaína e aos vereadores.

“Quero solicitar à presidência e ao deputado Eli Borges que preparem uma moção de repúdio ao presidente da Câmara de Araguaína, Marcus Marcelo, e aos vereadores que votaram contra a moção de aplausos a Vossa Excelência. E a gente dar uma avaliada se essa articulação não foi do prefeito Ronaldo Dimas, muito provavelmente pode ser que tenha sido. Para que a gente consiga dar a resposta na altura que tem que ser dada. Se fizerem campanha contra nós, nós vamos fazer também contra os candidatos de Araguaína”, disparou o parlamentar.

Comentários pelo Facebook: