Sobral – 300×100
Seet

Deputados do Tocantins estão propensos a apoiarem corrupção de Temer; apenas Irajá é a favor da denúncia

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Deputados federais do Tocantins. 4 votaram a favor do fundo

Um único deputado federal do Tocantins teve coragem de declarar ser favorável à denúncia de corrupção contra o presidente Michel Temer (PMDB). Maioria dos parlamentares “não sabe” ou “não quis responder”.

Os dados fazem parte de uma enquete feita pela Folha de S.Paulo com os 513 deputados federais do Brasil. Temer foi denunciado pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, mas caberá aos deputados definir se o caso será encaminhado ao Supremo, responsável pelo julgamento, ou se será arquivado.

O presidente teria cometido crime de corrupção passiva ao aceitar vantagem indevida em dinheiro oferecida pelo dono do grupo empresarial JBS. Para a denúncia seguir tramitando, a Câmara dos Deputados precisa dar autorização, com dois terços dos 513 deputados, equivalente a 342 votos.

Na semana passada, a OAB Tocantins afirmou que os oito deputados federais do Tocantins têm o “dever cívico” de autorizar o seguimento da denúncia criminal contra o presidente, caso contrário, serão “apoiadores da corrupção”.

As deputadas Dulce Miranda e Josi Nunes, que pertencem ao mesmo partido do presidente, não quiseram responder a pergunta. Vicentinho Júnior (PR) disse que não vai se pronunciar. Já Lázaro Botelho (PP), César Halum (PRB), Carlos Gaguim e Dorinha Seabra disseram não saber.

“Os fatos denunciados são gravíssimos. Há muitos indícios e possíveis provas, com mala de dinheiro, áudio do presidente e depoimentos. Tudo tem que ser apurado à exaustão. A sociedade precisa saber“, destacou Walter Ohofugi, presidente da OAB-TO, ao ressaltar que a gravidade da questão levou a OAB Nacional a ingressar com um pedido de impeachment do presidente no Congresso Nacional.

A FAVOR DE DENÚNCIA

Irajá Abreu (PSD)

NÃO VAI SE PRONUNCIAR

Vicentinho Júnior (PR)

NÃO SABE

Carlos Gaguim (Podemos)

Professora Dorinha Seabra Rezende – (DEM)

Lázaro Botelho – (PP)

César Halum (PRB)

NÃO RESPONDEU

Dulce Miranda (PMDB)

Josi Nunes (PMDB)

Comentários pelo Facebook: