Desaparecimento de advogado em Araguaína mobiliza OAB, Ministério Público, Defensoria e polícias Civil e Militar

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Advogado de Araguaína, Danilo Sandes.

Advogados, promotores de justiça e defensores públicos estão empenhados para desvendar o mistério sobre o desaparecimento do jovem advogado Danillo Sandes Pereira, que foi visto pela última vez na manhã da última terça-feira (25), em Araguaína. As Polícias Civil e Militar já estão trabalhando desde o momento em que o caso foi registrado.

A diretoria da OAB de Araguaína também já entrou em contrato com o Secretário de Segurança Pública, César Simoni, para repassar informações e solicitar a disponibilização de helicóptero para as buscas, caso seja necessário. O pedido foi prontamente atendido pelo secretário.

O Comandante Geral da PM, Coronel Glauber Santos, também assegurou todo o apoio necessário da corporação.

A moto utilizada por Danilo Sandes, uma Titan vermelha, foi encontrada na tarde desta quarta-feira (26) abandonada em frente ao posto de saúde do setor Jardim das Flores. Segundo funcionários, o veículo foi deixado no dia anterior e acionaram a polícia após a notícia do desaparecimento.

Os delegados José Rérisson Macedo e Guilherme Torres, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), estão à frente das investigações.

Amigos, familiares e advogados estão de prontidão na sede da Subseção da OAB de Araguaína. Várias equipes de advogados junto com promotor de justiça e defensores públicos, realizaram buscas durante toda a quarta-feira nas estradas vicinais da região da Jacubinha, Bielândia e Babaçulândia, mas ainda não há pistas sobre o paradeiro de Danilo Sandes.

OUTRO CASO

No último dia 18 de julho, uma advogada de Araguaína foi sequestrada em seu escritório, agredida, dopada e abandonada com os pés e mãos amarradas nas margens da TO-416, próximo à cidade de Piraquê.

Foto: Divulgação
Grupo em frente a OAB de Araguaína

Comentários pelo Facebook: