Seet
Sobral – 300×100

Detran apreende CNH falsa e condutor confessa que comprou documento

Redação AF -
Foto: Felix Carneiro
Carteira foi apreendida durante blitz em Palmas.

Agentes de Trânsito do Detran-TO apreendem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsificada, em blitz realizada próximo à rodoviária de Palmas. A operação contou com o apoio da Polícia Militar. O documento tinha categoria AB, com data de emissão de 27 de dezembro de 2012 e data de validade para 20 de dezembro de 2017.

Um dos agentes de trânsito que trabalhavam na fiscalização, ao pedir e analisar o documento do condutor R.G.P. percebeu a falsificação do documento, porque a textura e o papel em que a carteira foi confeccionada eram diferentes dos mesmos utilizados para a emissão das CNHs verdadeiras. No documento não tinham marcas e símbolos obrigatórios.  Outra comprovação foi feita através dos sistemas DetranNet e Siop (Sistema Integrado de Operações), onde constatou-se que não havia registro dos dados da CNH do condutor.

Justificando, o condutor disse ter comprado o documento de outra pessoa que o procurou em sua casa, para vender a CNH.

Diante da situação, um dos policiais militares que estava na operação deu voz de prisão a R.G.P. Preso em flagrante delito foi conduzido até a 2ª Delegacia de Polícia Civil, para responder pelo crime de falsidade ideológica, Artigo 299, e pela falsificação de documentos, Artigo 297, do Código Penal Brasileiro.

Segundo o gerente de Fiscalização e Segurança, capitão Geraldo Magela, as operações do Detran em parceria com a Polícia Militar, têm sido intensificadas em toda a capital e nas cidades de Porto Nacional e Paraíso, “a fim de proporcionar uma regularidade no trânsito, visando ampliar a segurança viária”, afirmou o gerente.

Comentários pelo Facebook: