Seet
Sobral – 300×100

Dia do Advogado: ‘Não descansaremos até prender culpados pela morte de Danillo Sandes’, afirmam delegados

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Advogado de Araguaína, Danilo Sandes.

Os delegados que investigam a morte do advogado Danillo Sandes Pereira, de 30 anos, parabenizaram todos os profissionais da advocacia pela data em que se comemora o ‘Dia do Advogado’, 11 de agosto, e reafirmaram o compromisso com a sociedade em desvendar o crime bárbaro ocorrido dia 25 de junho.A nota é assinada pelos delegados José Rérisson Macedo e Guilherme Coutinho Torres, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O advogado Danillo Sandes foi executado com dois tiros na nuca. Seu corpo foi encontrado cinco dias depois do desaparecimento em avançado estado de decomposição, numa chácara a 18 km de Araguaína.

“A equipe da DHPP vem a público parabenizar todos profissionais da Advocacia do Tocantins, nesta data em que se comemora tão digna profissão, imprescindível na defesa dos interesses dos seus constituídos e do exercício democrático de direito, data esta, em que a alegria é muito ofuscada pela tristeza que invade nossos corações, ante a recente perda de um dos seus membros, Dr. Danillo Sandes”, diz a nota, acrescentando que o profissional teve a vida ceifada “de forma covarde e brutal, sem que lhe fosse dada a mínima chance de defesa”.

Os delegados reforçaram o compromisso em desvendar o crime. “Quem praticou tamanha crueldade, acredita ser tão ‘esperto’ que seu excesso de zelo e esperteza certamente o fará tropeçar em suas próprias pernas”.

Os delegados afirmaram que a equipe está se debruçando diuturnamente sobre o caso, “convictos de que a justiça mais uma vez será feita”.

“Certamente alcançaremos todos os envolvidos nessa trama criminosa e coloremos a todos no lugar que lhes é merecido, na cadeia. Não descasaremos até encontrarmos os verdadeiros culpados e prendê-los, o quanto antes”, asseguram os delegados.

Ao final, os delegados agradeceram a população, familiares, amigos e membros da OAB-TO que tem colaborado com a Polícia Civil repassando informações que estão ajudando a compreender a dinâmica estabelecida na compreensão do crime.

“Nosso respeito, admiração e cumprimentos a todos os advogados do Tocantins”, finaliza a nota.

Comentários pelo Facebook: