Seet
Sobral – 300×100

Dimas: “Marqueteiro de Marcelo Miranda e de Valderez controla Instituto que divulgou pesquisa falsa”, diz

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Filha de Valderez, Letícia Castelo Branco, é casada com o irmão de Roberto Pires (de camisa branca), que encomendou a pesquisa.

A Coligação do candidato à reeleição, Ronaldo Dimas (PR), afirmou que são “falsos” os números divulgados pelo Instituto Fortiori contratado pela Fieto (Federação das Indústrias do Estado do Tocantins) sobre a disputa eleitoral pela Prefeitura de Araguaína. Segundo a coligação, os números revelam uma teia de interesses escusos que começa em Aparecida de Goiânia (GO), passa por Araguaína e termina no Palácio Araguaia, em Palmas. E na cadeia de comando estaria o marqueteiro Marcus Vinícius e o governador Marcelo Miranda, personagens principais de uma trama política, forrada de dinheiro público, com o único de interesse: ganhar a Prefeitura de Araguaína.

Porém, o prefeito Ronaldo Dimas disse não acreditar que Roberto Pires, presidente da Fieto, esteja envolvido nessa trama, por conhecê-lo enquanto pessoa e empresário. Contudo, Dimas ressaltou que o presidente da instituição, da qual também foi dirigente, pode ter sido mal orientado no sentido de escolher o referido instituto de pesquisa.

Entenda a trama

O Instituto Fortiori tem sede em Goiás e tem como um dos sócios o marqueteiro Gean Carvalho, dono também da Agência Desigual, que tem contrato milionário com o governo do Estado do Tocantins, e também é dono da empresa Brasil Colômbia. E quem controla de fato essas empresas é o marqueteiro pessoal do governador Marcelo Miranda, que também é o mentor das campanhas dos candidatos governistas, os deputados Valderez Castelo Branco (PP) e Olyntho Neto (PSDB).

Farsa comprovada

Para a Coligação, é justamente essa teia que comprova que os números divulgados pela pesquisa do obscuro Instituto Fortiori, com sede em Aparecida de Goiânia (GO), e publicados pela Fieto (Federação das Indústrias do Estado do Tocantins) nesta quinta-feira, 15, colocando a candidata do governador Marcelo Miranda na frente do prefeito Ronaldo Dimas (PR), estão totalmente distorcidos e fora da realidade do que vê nas ruas e também nos levantamentos feitos por institutos muito mais conhecidos e publicados num intervalo de tempo muito curto.

A Coligação cita ainda que essa falsa realidade fica mais evidente quando a pesquisa da Fieto é confrontada com a divulgada pelo O Portal AF Notíciasum dos mais acessados da cidade. Com dados coletados apenas um dia antes, a pesquisa do Instituto Tocantins Marketing/Portal AF Notícias mostra o prefeito Ronaldo Dimas (PR) na frente com 28% dos votos, confirmando o levantamento do Jornal Primeira Página realizado uma semana antes e trazendo Dimas em primeiro com 29%.

E um dos mais evidentes sinais de falseamento da realidade da pesquisa da Fieto é em relação ao número de eleitores indecisos, que aumentou, em apenas um dia, de 13% para 31%, simplesmente 18 pontos percentuais, num único dia, repita-se.

Outro dado não menos importante é a quantidade de eleitores entrevistados pelas duas amostras. Enquanto a divulgada pelo Portal AF Notícias, mostrando o prefeito e candidato à reeleição, Ronaldo Dimas em primeiro lugar, ouviu 1.100 eleitores, a segunda, que põe a candidata do Palácio Araguaia na frente, entrevistou apenas 600 eleitores, praticamente a metade da primeira.

“Fieto também erra feio em Palmas para ajudar candidata de Marcelo Miranda”, diz Dimas

Segundo Dimas, assim como em Araguaína, a pesquisa do Instituto Fieto Fortiori errou feio para tentar inflar a vice-governadora Cláudia Lelis, candidata do governador Marcelo Miranda (PMDB) à Prefeitura de Palmas.

Enquanto a pesquisa Ibope/TV Anhanguera deu a liderança disparada do prefeito Carlos Amastha (PP) com 41%, 26 pontos percentuais à frente de Cláudia, a do Fieto, divulgada no mesmo dia, reduziu a diferença para apenas 12 pontos.

A pesquisa da Fieto ainda reduziu a diferença entre a candidata do governador e o candidato Raul Filho, segundo colocado, para apenas 3,2 pontos percentuais, ao passo que no Ibope/ TV Anhanguera a diferença favorável ao ex-prefeito chegou a de seis pontos.

Comentários pelo Facebook: