Sobral – 300×100
Seet

Candidata Dona Ely diz estar “assustada” com a fome que assola Araguaína

Agnaldo Araujo -
Foto: Assessoria
Dona Ely tem visitado os bairros mais pobres de Araguaína

A candidata à prefeita de Araguaína (TO), Dona Ely se diz assustada com a fome que assola a cidade. Ela tem visitado os bairros mais distantes do centro e disse conseguir ver a tristeza nos olhos das famílias. “São moradores que precisam de oportunidade para sobreviver com dignidade, são mães com maridos desempregados e filhos com fome. Esse é o retrato da nossa Araguaína”, disse.

Para Dona Ely, conversar com essas pessoas é muito simples, pois, fez isso a vida inteira, através de palestras de educação em saúde. “Nossa Araguaína no momento não precisa de obras faraônicas, Araguaína precisa de emprego. Temos que manter as portas abertas das nossas empresas para que elas possam gerar emprego que aumenta o consumo, que aumenta a produtividade e faz a economia girar”, pontuou.

Simplicidade

Conforme a assessoria, a campanha eleitoral da candidata tem chamado atenção pela simplicidade. Dona Ely tem percorrido pessoalmente todo o município de Araguaína em expedição aos bairros, assentamentos e invasões.

Estrutura de campanha

A estrutura de campanha da candidata é composta por um carro de som, onde ela mesma interage com a população. As reuniões noturnas acontecem à luz da lamparina, tendo as estrelas como pano de fundo. Os bancos das reuniões são os tamboretes da sua cozinha que já percorreram os quatros cantos da cidade.

Dona Ely continua afirmando que “para ser prefeita, não precisa ser popstar, basta ter decência, compromisso e usar as canetas para o bem”.

Comentários pelo Facebook: