Dono de bar faz ‘gato’ após ter energia elétrica cortada por falta de pagamento

Redação AF - |
Foto: Divulgação/SSP
Energia elétrica estava cortada há mais de um ano sem pagamento.

O proprietário de um bar foi preso em flagrante suspeito de furto de energia elétrica, na última segunda-feira (17), por agentes da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Praticados contra Concessionárias Prestadoras de Serviços Públicos (Derfae). O bar fica localizado na quadra 603 Norte em Palmas.

Conforme o delegado Elírio Putton Júnior, os policiais se deslocaram ao bar com apoio de funcionários da Energisa e logo constataram a existência de uma ligação clandestina, ocasionando furto de energia elétrica. Chamou atenção para os funcionários a precariedade do ‘gato’ realizado, feito sem nenhum cuidado, com sério risco de provocar incêndio ou choques elétricos fatais.

De acordo com o delegado, o bar era utilizado para a realização de festas e shows e estava com o fornecimento de energia suspenso por falta de pagamento há mais de um ano. Além da casa de shows o local também era utilizado como residência do Autor.

“Assim que descobrimos as ligações clandestinas foi necessário o acionamento de outra equipe especializada da Energisa para remoção do desvio com segurança. O proprietário do estabelecimento admitiu ser ele o autor da instalação ilegal, mesmo sem conhecimento técnico ou auxílio de um eletricista”, ressaltou o delegado.

Mediante as ligações clandestinas estavam sendo alimentados vários equipamentos elétricos, como quatro congeladores, uma geladeira de duas portas, uma televisão de 42 polegadas, e aparelhagem de som para festas.

Após os procedimentos cabíveis, Reinaldo da Silva Rocha, de 45 anos, foi encaminhado à sede da Delegacia Especializada, sendo autuado em flagrante pelo crime de furto de energia elétrica. Ele responderá ao devido processo criminal conforme determina a lei.

Comentários pelo Facebook: