Seet
Sobral – 300×100

Donos de postos de combustíveis do Tocantins têm o 9º maior lucro do país na venda de gasolina, diz ANP

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Lucro dos donos de postos de combustíveis do Tocantins é o 9º maior do Brasil

AF Notícias //Da Redação

Os postos do Tocantins têm o 9º maior lucro bruto do país na venda de gasolina. A margem média de comercialização do combustível é calculada a partir da diferença entre o valor pago pelos proprietários às distribuidoras pelo litro da gasolina e o preço final cobrado do consumidor.

No Estado mais novo da Federação, que fica localizado no centro do Brasil, os postos pagam em média R$ 3,269 por litro de gasolina às distribuidoras e vendem o combustível a  R$ 3,766 – em média. Assim, o lucro bruto obtido é de R$ 0,497 com a venda de gasolina. O preço médio na Capital, Palmas, é de 3,721.

Mesmo com o preço médio na casa dos R$ 3,76 – em muitas cidades do interior do Estado o litro de combustível ultrapassa os R$ 4,10.

O Amapá é o estado com o menor lucro bruto da venda de gasolina: R$ 0,26. Metade da margem média de comercialização no Tocantins. Os dados foram obtidos a partir do levantamento feito entre os dias 01 e 22 de janeiro pela Agência Nacional do Petróleo. No total, 121 postos foram pesquisados no Tocantins.

Com o “pacotaço” de aumento de impostos proposto pelo governador Marcelo Miranda (PMDB) e aprovado pela Assembleia Legislativa, no final do ano passado, a gasolina ainda sofreu reajuste de 2% este ano, quando o ICMS passou de 25% para 27%.

Conforme o Sindicato dos Postos de Combustíveis, a diferença do ICMS entre os estados é um dos fatores que ditam o valor do preço final dos combustíveis, mas não podemos deixar de citar outros, como transporte, quantidade de bases distribuidoras, oferta e procura, acordos trabalhistas e renda per capita.

Veja a tabela com a margem média de comercialização de gasolina em cada estado:

ESTADO MARGEM MÉDIA
Distrito Federal 0,671
Acre 0,576
Ceara 0,566
Mato Grosso 0,562
Rondônia 0,552
Para 0,541
Alagoas 0,516
Bahia 0,501
Tocantins 0,497
Rio Grande do Sul 0,496
Rio de Janeiro 0,485
Roraima 0,469
Sergipe 0,466
Rio Grande do Norte 0,456
Paraíba 0,454
Pernambuco 0,444
São Paulo 0,440
Piauí 0,425
Espírito Santo 0,420
Minas Gerais 0,418
Mato Grosso do Sul 0,408
Goiás 0,398
Maranhão 0,389
Santa Catarina 0,370
Parana 0,364
Amazonas 0,322
Amapá 0,269

Veja a tabela com a relação de preços médios:

ESTADO Nº DE POSTOS PESQUISADOS PREÇO MÉDIO
Acre 93 4,092
Para 351 3,924
Distrito Federal 102 3,902
Rio Grande do Sul 1134 3,890
Rondônia 198 3,876
Ceara 613 3,873
Rio de Janeiro 1242 3,866
Roraima 27 3,858
Alagoas 187 3,805
Mato Grosso 414 3,773
Tocantins 121 3,766
Bahia 1006 3,752
Rio Grande do Norte 179 3,743
Pernambuco 604 3,715
Sergipe 117 3,714
Minas Gerais 1820 3,698
Paraíba 178 3,681
Espirito Santo 352 3,680
Goias 630 3,678
Piaui 189 3,672
Amazonas 196 3,618
Parana 1072 3,607
Maranhão 374 3,579
Mato Grosso do Sul 244 3,573
Amapá 38 3,550
São Paulo 4864 3,514
Santa Catarina 734 3,497

Comentários pelo Facebook: