Seet
Sobral – 300×100

DPE quer vídeo de cela onde ficava detento encontrado esquartejado em prisão de Palmas

Agnaldo Araujo - - 797 views
Foto: Divulgação
Gilclécio Reis Cruz

A Defensoria Pública Estadual requisitou a abertura de um procedimento administrativo para investigar a execução do detento Gilclécio Reis Cruz, ocorrida no dia 22 de março, na Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP)Além disso, a DPE quer as imagens em vídeo da cela onde o preso era mantido.

Gilclécio Reis foi encontrado por agentes penitenciários enrolado no lençol com uma das pernas arrancadas e dentro do carrinho de serviços no pavilhão B, onde ficam membros da facção criminosa PCC – Primeiro Comando da Capital.

A execução de Gilclécio Reis pode estar relacionado à rivalidade entre facções criminosas dentro da CPPP. A solicitação da DPE foi feita por meio do Núcleo Especializado de Assistência e Defesa ao Preso (Nadep) à direção da unidade prisional.

Um ofício foi encaminhado à CPPP um dia após o ocorrido. No documento, o coordenador em exercício do Nadep, defensor público Fabrício Brito, solicita que sejam encaminhadas à DPE informações acerca da apuração das investigações e medidas já tomadas diante do ocorrido.

O defensor público requisita, ainda, cópia do livro de ocorrências dos dias 21 e 22 de março (véspera e data em que o corpo do preso foi encontrado, respectivamente). O prazo estipulado para o atendimento das demandas é de até dez dias.

Veja mais…

Detento é esquartejado dentro de pavilhão ocupado pelo PCC em prisão de Palmas

Comentários pelo Facebook: