Dupla vizinha usava residências para armazenar e vender drogas em Araguaína

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
Suspeitos presos

A Polícia Civil prendeu Gabriel Almeida Fragoso Pereira e Joadson Pereira dos Santos, vulgo ‘Brocado’, por tráfico de drogas em Araguaína. Segundo a investigação, eles usavam as respectivas residências como pontos de armazenamento e venda de entorpecentes.

As prisões foram efetuadas na manhã de terça-feira (16) por intermédio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC/Norte) nas residências dos suspeitos, localizadas no Setor Cimba e a 30 metros de distância uma da outra.

Os agentes passaram a monitorar o local e perceberam uma movimentação atípica de pessoas nos imóveis, sendo que três homens foram avistados saindo da casa de Gabriel.

A equipe abordou os três e encontrou um cigarro de maconha. Diante da constatação, os policiais se deslocaram até a residência de Gabriel, onde foram recebidos pela avó do suspeito e ela permitiu a entrada no local. Na casa foram encontrados entorpecentes, material para enrolação, além de 2 kg de ácido bórico – composto químico utilizado no refino de drogas.

Em ato contínuo, a outra equipe, que já visualizava o aglomerado de pessoas no quintal da casa de Joadson, resolveu abordar os suspeitos. Em posse de Joadson foi encontrada uma porção de maconha enrolada em um plástico. Dentro da residência foram localizadas mais porções de maconha, todas embaladas e prontas para serem comercializadas.

Além disso, foi localizada outra porção de maconha na posse de um dos ‘clientes’. Ele alegou que a droga era para consumo próprio e havia recebido como pagamento pela limpeza que realizou no lote da casa de Joadson.

A Polícia Civil informou que diante da situação de flagrante, Gabriel e Joadson foram presos, conduzidos até a sede da DEIC, e após os procedimentos de praxe, eles foram encaminhados à Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Comentários pelo Facebook: