Seet
Sobral – 300×100

Eclipse parcial do sol será observado do Tocantins por mais de 40 minutos; UFT monta ponto de observação

Redação AF - - 817 views
Foto ilustrativa: Pixabay
Eclipse parcial do sol poderá ser observado na UFT

Às 17h16 desta segunda-feira (21) o eclipse solar chegará ao seu ponto ideal de observação, com cerca de 14% do sol encoberto pela sombra da lua. A Universidade Federal do Tocantins, em Palmas, montou um ponto de observação.

O eclipse solar é um fenômeno que ocorre quando a lua fica entre a Terra e o Sol, ocultando total ou parcialmente a luz solar. No Brasil, em apenas parte das regiões Norte e Nordeste poderá ser observado o fenômeno, com percentuais que chegam a 40% em território brasileiro.

Conforme o professor Adão Montel, do colegiado de Engenharia Civil, a observação será por projeção. “Pretendemos captar a luz solar e projetá-la ou no chão ou numa parede; é bom que se alerte que a observação direta da luz solar pode causar sérios problemas à retina. Não se deve observar a luz solar sem equipamentos e sem filtros corretos“, diz o professor, enfatizando que a atividade é aberta a todos os que se interessarem.

Segundo dados da Agência Espacial Americana (Nasa) serão 42 minutos de eclipse na posição a partir da UFT (Câmpus de Palmas), com clímax do sombreamento parcial às 17h16; a previsão é que a sombra da lua deixe de ser projetada no sol por volta das 17h54, conforme a Nasa.

O professor Montel diz que este período de estiagem facilita a observação astronômica por conta da baixa umidade e também da falta de nuvens no céu.

Comentários pelo Facebook: