Seet
Sobral – 300×100

Em meio à crise, cresce adesão a programas de bolsas e ensino a distância

Redação AF -
Foto Divulgação- EAD
Interessados podem adquirir bolsas de estudo para o ensino superior pelo Programa Mais Bolsas

O ensino a distância tornou-se uma ótima opção para quem deseja cursar uma graduação ou pós-graduação. Neste momento de crise, os valores mais baixos e horários flexíveis proporcionados pela modalidade têm atraído mais estudantes, resultando em um crescimento anual de 18% nas matrículas, segundo o Ministério da Educação (MEC). Para facilitar a inserção das pessoas em cursos EAD e, consequentemente, no mercado de trabalho, o Programa Mais Bolsas oferece um vasto leque de bolsas de estudo com até 50% de desconto.

O programa, que possui atuação nacional, disponibiliza bolsas para graduação e pós-graduação EAD em instituições reconhecidas pelo MEC, como a Fael, FMU, Unifacs e as Universidades Anhembi Morumbi e Cruzeiro do Sul. Isso garante a qualidade dos cursos e o suporte oferecido por professores em fóruns online para atender às necessidades dos alunos. “Para quem tem uma rotina atarefada, o ensino a distância é a oportunidade para alcançar novas conquistas profissionais, a fim de superar a concorrência e ascender em sua área de atuação”, afirma José Araújo, gerente do Mais Bolsas.

Os cursos EAD oferecidos pelo programa possuem outras vantagens além das mensalidades mais acessíveis, a maioria do conteúdo é disponibilizado online e o aluno possui maior flexibilidade no horário de estudo. É possível economizar também com passagens de transporte público, combustível e alimentação, já que não há deslocamentos constantes.

Os interessados em concorrer às bolsas de estudo EAD ou presenciais devem acessar o site www.maisbolsas.com.br, escolher a cidade, o curso e a instituição pretendida. Mais informações podem ser obtidas pela Central de Atendimento, nos telefones 4007-2209, para capitais e regiões metropolitanas, ou 0800 002 5854, para demais localidades.

Comentários pelo Facebook: