Sobral – 300×100
Seet

Empresa aberta em 2016 vence licitação de R$ 34,9 milhões e vai fornecer 271 mil kg de pimentão

Agnaldo Araujo - |
Foto: Divulgação
A aquisição dos produtos alimentícios foi para o prazo de um ano

Agnaldo Araujo//AF Notícias

Uma microempresa aberta há pouco mais de um ano venceu uma licitação da Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins (Sesau) no valor total de R$ 34,9 milhões, para fornecimento de diversos produtos alimentícios a serem consumidos nos hospitais públicos do Estado.

A ata de registro de preços foi publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.901, da última segunda-feira (06). A empresa vencedora, Atacadão de Produtos Alimentícios CV LTDA ME, foi criada em março de 2016 e tem apenas R$ 100 mil declarados como capital social. Segundo a publicação, a licitação foi do tipo menor preço por lote. Os alimentos devem ser adquiridos pelo prazo de um ano.

Chama ainda a atenção a estimativa para aquisição de 271.485 mil kg de pimentão verde pelo valor de R$ 1,3 milhão. Também há previsão de gasto de quase R$ 2 milhões com a compra de 435.384 mil kg de mexerica ponkan, além de R$ 34,6 mil para a aquisição de 198 fardos de farinha de mandioca puba.

A compra está dividida em três lotes, sendo o primeiro de frutas, verduras e legumes, totalizando R$ 8.829.306,29; o segundo de gêneros alimentícios em geral, no valor de R$ 14.224.629,17; e o terceiro lote se refere à aquisição de carnes, que totaliza R$ 11.902.932,99.

Veja outros produtos

– 187.821 mil kg de vagem, no valor de R$ 1.972.120,5

– 438 pacotes de arroz de 5 kg, valor de R$ 1.131.570,00

– 273.600 mil unidades de óleo de 900ml, no valor de R$ 1.094.400,00

– 697.329 kg de polpa de fruta de cajá, no valor de R$ 1.736.349,21

– 38.745 kg de carne bovina coxão duro bife, no valor de R$ 1.142.977,50

– 91.692 kg de filé de frango, no valor de R$ 1.097.553,24

Outro lado

Em nota, a Sesau informou que para garantir a continuidade da oferta de 15.749 refeições diárias oferecidas a pacientes, acompanhantes e servidores, publicou a ata de registro de preço que visa atender os 18 hospitais estaduais e unidades de apoio como Hemocentros, Centros de Reabilitação, Centros de Atenção Psicossocial e Casas de Apoio.

“O quantitativo publicado, além de suprir as unidades pelo período de 12 meses, prevê margem de segurança de 30% e foi calculado com base em série histórica do consumo das refeições nas unidades”, informou a Sesau. A secretaria ainda acrescentou que por ano, há previsão de servir cerca de 6.439 mil refeições nas unidades estaduais de saúde do Tocantins. Nos 1.467 leitos, são servidas seis refeições por paciente, além de acompanhantes.

Ainda conforme a nota, os pedidos de gêneros alimentícios atendem as especificações de nutricionistas responsáveis por elaborar cardápio balanceado, respeitando o estado clínico dos pacientes. “Os pedidos são feitos por cada unidade por meio de um sistema transparente que controlado por técnicos da saúde e pode ser acompanhado por qualquer cidadão“, pontuou.

A Sesau afirmou também que continua trabalhando em processo licitatório para contratação de empresa interessada em assumir os serviços de alimentação.

Comentários pelo Facebook: