Empresária desiste de disputar governo duas semanas depois de lançar candidatura

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Janad Valcari é empresária, advogada, neuropsicopedagoga e administradora de empresas

A advogada e empresária Janad Valcari desistiu de concorrer ao Governo do Tocantins na eleição suplementar de 3 de junho duas semanas depois de lançar sua pré-candidatura. O anúncio da desistência foi feito nesta quinta-feira (5) através de sua assessoria de comunicação.

“Diante das composições político-partidárias necessárias para alcançar objetivos e metas da sigla PMB (Partido da Mulher Brasileira), a empresária Janad Valcari decidiu não concorrer à vaga a governo do Tocantins”, diz o comunicado.

A empresária explicou que o momento é de avaliar e acompanhar as decisões da justiça eleitoral quanto ao futuro do Estado. Antes da decisão, Janad e o partido buscaram o diálogo com a sociedade.

“Foram inúmeras e longas reuniões com líderes, dirigentes de partidos, representantes de segmentos organizados no nosso Estado, que o PMB optou por não compor chapa majoritária nas eleições suplementares” disse Janad.

Janad Valcari explica que a ideologia partidária deve apontar as diretrizes a serem seguidas, e o PMB poderá analisar o quadro político para compor ou não coligação no Tocantins.

“Estou à disposição para trabalhar pelo nosso Tocantins, mas que seja de forma consciente e prática. Nossos projetos continuam sendo ouvir a população, buscar suas necessidades, visitar cada município, ouvir cada setor para alinhar ações que irão atender os anseios observados a partir do diálogo, das visitas e de muito estudo”, assegurou Janad.

O prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR) também desistiu alegando “insegurança jurídica e partidária”.

Comentários pelo Facebook: