Seet
Sobral – 300×100

Empresário de Araguaína teria bancado festa da filha de Marcelo Miranda e doado fazenda de R$ 19 milhões

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Inquérito da PF revela benefícios repassados por empresário para família Miranda.

Um volumoso inquérito da Polícia Federal referente à operação Reis do Gado revela informações estarrecedoras em relação aos supostos benefícios obtidos pela família Miranda através do Governo do Estado do Tocantins.

Em um dos casos, a Polícia Federal aponta que o megaempresário de Araguaína, Rossine Aires Guimarães, teria patrocinado a festa de aniversário da filha do governador Marcelo Miranda, em 31 de maio de 2010, no valor de R$ 40 mil. Ocorre que nesse período, Miranda já havia sido cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por distribuição de vantagens indevidas ao eleitor.

Foto: Divulgação
Empresário Rossini Aires Guimarães, empresário de Araguaína.

Consta ainda no inquérito que a quantia teria sido paga mediante cheque emitido pelo empresário e depositado na conta do próprio governador.

Outro fato que chama ainda mais atenção refere-se a uma fazenda no valor de mais de R$ 19 milhões que foi transferida pelo empresário Rossine à família Miranda. A PF afirmou que não há nenhuma transação financeira correspondente à compra da Fazenda Morada de Prata, o que reforça a tese de que o negócio era referente ao pagamento de “propina” de contratos milionários.

Para a Polícia Federal, isso reforça as acusações de Alexandre (ex-laranja e delator do esquema) de que a referida fazenda teria sido entregue como “propina” pela contratação de obras entre a CRT, construtora de Rossine, e o Governo do Estado na gestão de Marcelo Miranda, a partir de 2006, conforme contratos licitados anteriormente que somam mais de R$ 160 milhões.

Comentários pelo Facebook: