Sobral – 300×100
Seet

Empresário de Babaçulândia morre eletrocutado em chácara; população lamenta

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Empresário era muito querido na cidade de Babaçulândia.

O empresário Edson Carlos Alves da Rocha, mais conhecido como Edson da Van, de 44 anos, morreu eletrocutado na manhã desta quinta-feira (13), em Babaçulândia (TO). Segundo informações, ele recebeu uma descarga elétrica no momento em que tentava ligar uma bomba d’água em sua chácara.

Edson trabalhava com transporte coletivo fazendo linha de Babaçulândia a Araguaína. No momento da tragédia, o empresário organizava a chácara para um encontro de Família e estava na companhia de um amigo matando o gado para o churrasco da festa.

Edson saiu em direção à bomba d’água, mas demorou retornar. O amigo se deslocou ao local e já encontrou Edson eletrocutado.

Ele foi socorrido imediatamente e encaminhado ao hospital da cidade, mas já chegou sem vida.

Edson era muito querido e admirado na cidade. “Fica a lembrança eterna de um bom amigo, homem de bem sempre gentil. Em 20 anos não me lembro de um só momento de mau humor, uma pessoa que irá fazer falta em nosso dia a dia, pedimos a Deus o conforto e providência a sua família. Vai com Deus nosso querido Edson da Van”, lamentou o amigo Charles Gouvêa.

“Um pai de família exemplar. Que Deus possa dar o consolo necessário para seus familiares e amigos por essa tragédia. O seu legado ficará cravado na memória de seus amigos como símbolo de um grande homem e um grande pai”, disse o amigo Carlos Brito.

NOTA DE PESAR – Lázaro e Valderez

“Foi com muita tristeza que recebemos a notícia da morte de Edson Carlos Alves da Rocha, conhecido como “Edson da Van”, de apenas 44 anos.

Vítima de uma descarga elétrica, na manhã desta quinta-feira, dia 13, em sua chácara no município de Babaçulândia, Edson foi um grande amigo que vimos crescer com nossos filhos, um homem respeitado, esposo e pai de família dedicados, um irmão atencioso e um filho amoroso.

Que Deus dê força nesse momento de dor e conforte sua esposa Elisângela Silva Ribeiro Rocha, seus filhos Igor e Guilherme e os demais familiares, em nome de sua mãe Dona Jesus.

Rogamos ao Pai para que tenham como lenitivo a esperança da ressurreição.

Valderez e Lázaro”

Comentários pelo Facebook: