Seet
Sobral – 300×100

Ensino médio em tempo integral beneficiará 2,6 mil estudantes no Tocantins; Araguaína terá três escolas

Agnaldo Araujo -
Foto: Lia Mara
Com a implantação do programa será possível ampliar a oferta de vagas e adequar o currículo escolar às necessidades dos estudantes

Foi lançado no Tocantins, na tarde desta quinta-feira (16/03), o Programa de Fomento de Escolas de Ensino Médio de Tempo Integral – Escola Jovem em Ação. A solenidade foi realizada no Colégio Militar de Palmas, onde também foi assinado um Acordo Técnico com os institutos Corresponsabilidade pela Educação (ICE), Natura e Sonho Grande, parceiros na implantação do programa.

 O governador do Estado, Marcelo Miranda, (PMDB), fez o lançamento oficial. Ele disse que o programa vai melhor preparar os alunos para as demandas atuais. “Com esse programa vamos preparar os nossos alunos para as demandas do mundo moderno, além de seguir a política traçada pelo Ministério da Educação”.  Também destacou que com a implantação do programa será possível ampliar a oferta de vagas e adequar o currículo escolar às necessidades dos estudantes. “Ampliamos a oferta da educação de tempo integral no ensino médio, apoiamos as escolas e investimos em um currículo mais próximo da identidade de cada aluno”, pontuou.

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Wanessa Sechim, disse que o diferencial da Escola Jovem em Ação é que o centro da gestão é o aluno. “É o protagonismo juvenil, onde os alunos vão iniciar todo o trabalho pedagógico norteado na construção do seu projeto de vida”, afirmou.  Wanessa destacou que todo jovem tem sonhos e esse novo conceito vai ajudá-lo nesse processo. “Os nossos jovens têm sonhos. Sonhos de entrar no mercado de trabalho, entrar na universidade e essa escola tem a responsabilidade de trabalhar todos os temas que os alunos elegerem para realizar esse projeto de vida”, pontuou.

O presidente do Instituto Natura, David Barreto, elogiou o governador por compartilhar dos mesmos ideais dos institutos envolvidos no Programa. “Essa determinação do governador foi determinante para a implantação do Programa”, disse.

Escolas

De acordo com a Portaria nº 1.145, de outubro de 2016, do Ministério da Educação (MEC), no primeiro ano de vigência do Programa serão beneficiados 2.613 estudantes de 12 unidades escolares no Estado do Tocantins. Duas em Palmas, três em Araguaína e uma nas cidades de Miracema, Tocantinópolis, Gurupi, Dianópolis, Guaraí, Colinas e Arraias.

 A implementação do Ensino Médio nessas 12 escolas do Tocantins é uma parceria estabelecida com o MEC e os Institutos de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), Sonho Grande e Natura.

O Programa

O Governo do Estado do Tocantins, por meio da Secretaria de Educação, Juventude e Esportes, aderiu junto ao Ministério da Educação ao Programa de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino em Tempo Integral, com o propósito de garantir a todos o acesso, a permanência e o sucesso escolar do aluno.

De acordo com a Seduc, a proposta pedagógica do Escola Jovem em Ação está alinhada à proposta pedagógica da própria pasta e focada na garantia do acesso, permanência e aprendizagem dos estudantes, com calendário letivo que contempla o planejamento, a avaliação diagnóstica, os simulados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enen) e a ampliação do número de aulas de Português, Matemática, Química, Física e Biologia, consideradas críticas para os estudantes e essenciais para a preparação do jovem ao ingressar na universidade. (Jarbas Coutinho)

Comentários pelo Facebook: