Sobral – 300×100
Seet

Entidades repudiam descaso do Governo por descumprir acordos e lesar centenas de policiais civis

Redação AF - |
Foto: Divulgação
Entidades criticam duramente Governo do Estado por descaso na segurança pública.

AF Notícias //Da Redação

Cinco associações representativas da Polícia Civil do Estado do Tocantins divulgaram nota de repúdio nesta quinta-feira (25) rejeitando as atitudes da atual gestão do governador Marcelo Miranda (PMDB) em relação aos servidores públicos que atuam na segurança pública tocantinense.

Segundo as entidades, além de não cumprir os acordos firmados para o fim da greve da categoria, ainda no ano de 2015, o Governo do Estado descumpre obrigações legais que têm lesado centenas de policiais civis.

Entre as irregularidades estão o não repasse aos bancos e instituições financeiras dos descontos em folha dos empréstimos consignados. Alguns servidores já estão com o CPF negativado pela falha do Governo do Estado.

As entidades citam também a falta de atendimento médico aos servidores públicos, em função de falhas gestão do Plansaúde; o desconto das verbas sindicais sem repasse para as entidades classistas; promoções na carreira não efetivadas e o não cumprimento dos acordos relativos aos pagamentos retroativos das progressões e da data-base.

As péssimas condições de trabalho em unidades da Polícia Civil em diversos municípios do Estado também foram apontadas com falhas do Governo.

A nota de repúdio diz ainda que a Polícia Civil aguarda que o Governo do Estado cumpra os acordos firmados, que respeite as conquistas da categoria e, principalmente, honre o Plano de Cargos, Carreira e Subsídios dos policiais civis tocantinenses.

“É primordial que sejam cumpridas as progressões que a Lei determina. Afinal, as Associações proclamam com veemência que os Servidores Públicos do Tocantins jamais serão “vilões”, mas peças fundamentais na engrenagem do crescimento do Estado do Tocantins”, finaliza a nota e repúdio.

A nota foi assinada pela Associação dos Policiais Civis do Estado do Tocantins (ASPOL/TO); Associação de Agentes Penitenciários da Policia Civil do Estado do Tocantins (AGEPENS/TO); Associação dos Agentes de Polícia civil do Estado do Tocantins (AGEPOL/TO); Associação dos Escrivães da Polícia Civil do Estado Do Tocantins (AEPTO) e Associação dos Policiais Civis Papiloscopistas do Estado do Tocantins (ASPA/TO).

Comentários pelo Facebook: